21 de maio de 2016

CHARLES FINNEY - " E NÃO ENTRISTEÇAIS O ESPÍRITO "

CHARLES FINNEY

Ef. 4:30. "E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção ".

Vou apresentar a vocês 3 pontos de meus argumentos, na seguinte ordem.
I. Mostrar que o Espírito Santo pode ser entristecido por mim e por você.
II. Como e quando Ele se entristece.
III. As consequências de entristecer o Espírito Santo.

I- O Espírito Santo pode ser, e muitas vezes é entristecido.

  A Biblia, neste texto e em vários outros textos, mostra que o Espírito Santo que em nós habita, pode ser entristecido.

2.  Deus mesmo sendo Deus, tem sentimentos, Ele ama, Ele perdoa, Ele se ira, Ele se alegra  e Ele também fica triste.

3.  Nossas atitudes de obediência e fidelidade alegram o coração de Deus e nossos atos de desobediência e rebeldia contra sua palavra trazem ao Senhor profundo pesar.

ii- Como e quando o Espírito Santo é entristecido.

1. O grande objetivo do Espírito Santo, como revelado na Bíblia, é santificar as almas dos homens.
Os homens são salvos pela " santificação do Espírito através da fé da verdade."

2. O Espírito Santo pode santificar os homens só com a verdade. A santificação é a santidade. A santidade é voluntária obediência a Deus. Por isso Cristo orou: "Santifica-os na verdade." O próprio Espírito Santo não tem outros meios de santificação da alma, a não ser a verdade, que é a palavra e a presença de Deus.

3. O homem é livre para escolher crer ou duvidar, obedecer ou infringir a lei. Qualquer um que impeça a verdade de produzir seu efeito santificador, entristece o Santo Espírito.

Com essas observações, estou preparado para falar de  algumas das muitas maneiras em que o Espírito Santo é entristecido.

1.  Quando você não  lê a palavra de Deus, você não dá elementos para o Espírito Santo te santificar e isso muito o entristece. Imagine que seu melhor amigo lhe escreva uma carta e você nunca tenha lido essa carta e ele vier a descobrir que você nunca leu, certamente teu amigo vai ficar profundamente triste, pois você na verdade o desconsiderou e dele fez pouco caso.

E você acha que o Espírito Santo, se você nunca ler as cartas que ele te escreve vai achar isso bom?
 
2. Pensamentos, conduta e conversas  levianas entristecem o Espírito Santo.  Uma conduta agressiva, ou debochada, ou um ar de superioridade seriam muito inconveniente na presença de um juiz ou  de uma autoridade terrena. E como seria avaliada então, este tipo de conduta, na presença do Deus infinitamente santo? 

Como você se atreve a brincar com um assunto tão sério? Você ficaria chocado ao ver um indivíduo, em julgamento por sua vida, brincar ou se comportar levianamente na presença do juiz que está prestes a pronunciar a sentença sobre ele. Mas todo aquele que é salvo,  tem o Espírito Santo dentro dele e vive em sua presença, por isso deve vigiar sobremaneira a sua maneira de falar, de pensar e de agir, deve buscar as coisas lá do alto e deve lutar para que o que é bom, puro e reto ocupe o seu coração.

3. A leitura ou o costume de passar horas a ver  e a meditar publicações, revistas, livros, novelas, teatros, que em nada acrescentam a santificação de tua alma também entristecem o Espírito Santo. Mulher! Homem! Jovem! Como você se atreve passar uma vida toda vendo coisas que estão  contaminando sua mente ao invés de purificá-la?

Aquilo que o Senhor leva muito tempo para construir em seu coração, você mesmo destrói se submetendo as coisas que não são lícitas. Como você pode devidamente analisar  a vida eterna e a morte, a glória de Deus, a salvação de tua alma, os mandamentos de Deus, o sangue derramado, os gemidos do Calvário  quando romances e peças de teatro e leitura frívola, conversas torpes, pensamentos imorais, desejos carnais e luxúrias tomam posse de sua mente? 

Se você assim pratica és um  repugnante e miserável pecador!
Não importa se você é um evangélico ou católico. Você é um miserável pecador diante de Deus, e da lei da sua própria consciência, se você gasta seu precioso tempo com coisas que não edificam tua vida. 

Deixe-me visitar o seu quarto, sua sala de estar, ou onde quer que você mantenha seus livros. O Quê é isso aqui? Byron, Scott e Shakespeare, e outros escritores e músicos mundanos e mais uma série de levianos e blasfemos de Deus, e inimigos do Espírito Santo. São estes os seus companheiros, são esses espíritos com quem você tem comunhão? 

Onde está a estante com livros cristãos e com a bíblia? 
Você não sabe que você é um grande hipócrita se está a negligenciar sua Bíblia e a comunhão com o Espírito Santo, e dar a sua mente a essas coisas  terrenas, sensuais e diabólicas?
Você nunca pode esperar se livrar do domínio do pecado se você vive rodeado de coisas que são combustível para o erro. Você jamais pode esperar  ser livre de hábitos que intoxicam tua alma sentado no bar com os bêbados ou mantendo comunhão com as coisas desta terra. Como  esperar se tornar um súdito de um rei que não é deste mundo amando as coisas que ele odeia.
 
4-  conversa vã também entristece o Espírito Santo. Cristo diz: "Seja sua palavra sim, sim, ou não, não, pois tudo o que passar disso vem do maligno. "" E, de toda palavra fútil que os homens falarem eles darão uma conta no dia do juízo. "



Você não sabe que Deus está ouvindo cada palavra que você diz? 
Por que você não está usando sua conversação para poder instruir aqueles que o rodeiam para que eles tomem conhecimento da vida que está em Cristo? 

Talvez aqueles de sua própria casa, e os seus amigos mais próximos precisam ser repreendidos e advertidos, exortaram e instruído na palavra do Senhor. 


5- Muita confiança na sabedoria humana, quero dizer, exagerado apreço pela ciência e pela opinião de estudiosos, sem antes buscar a orientação do Senhor, é outro fato que entristece o Espírito Santo. Isto é particularmente um pecado de estudantes, em que às vezes são traídos pela ambição do saber, e confiam demais em seus professores, até mesmo em assuntos que eles não dominam, o que os impede que ouçam a doce voz do Espírito e seus solenes avisos a alma humana.



 
6. Muito negócios e vida corrida demais,  entristecem o Espírito Santo. È um erro não ser diligente e é terrível o pecado da preguiça, mas também há grave mal em se envolver em demasia com os negócios deste mundo. Suponha que seu pai o chame para uma tarefa urgente, mas você por ter muitos compromissos  tenha de dizer não ao seu próprio pai.  Isso certamente seria imperdoável. Mas o que é isso quando comparado com o fato de ser ocupado demais para conversar com Deus?

7. Ficar o tempo todo parado, dormindo e descansando, sem ser útil nem para a igreja e nem para a comunidade também entristece o Espírito Santo. O ócio é um dos maiores pecados, pois leva o homem a cair em ciladas. Davi, quando descansou em seu palácio ao invés de ir para a guerra, foi vítima de grande laço e adulterou com Bateseba.


8. A gula e a busca do prazer carnal entristecem o Espírito Santo. Aquele que não cuida de seu corpo, e anda atrás da satisfação de seus desejos está prejudicando sua saúde e obscurecendo e entorpecendo sua mente, e estão seguindo os passos daqueles "cujo deus é o ventre, e cujo fim é a perdição"


9. A auto-justificação entristece o Espírito Santo. Muitas pessoas parecem ser tão ansiosas  para justificar sua conduta, como se esperassem a salvação por suas próprias obras ou como se entendessem que admitir a culpa por um erro fosse algo sem perdão. As duas coisas são abomináveis diante do Senhor. “Aquele que confessa sua transgressão e a deixa, alcançará misericórdia”

Por que você não quebra, confessa e abandona o seu pecado de uma vez por todas, ao invés de enganar a si mesmo dizendo que é inocente? “Não há um justo sequer, afirma o Espírito Santo, Todos pecaram e carecem da glória de Deus”

Por que você vai querer esconder a sua culpa? Se ela é indescritivelmente grande e nenhuma linguagem humana pode descrevê-lo suficientemente. Ninguém nunca poderá acusá-lo da metade do que você é culpado diante de Deus. Oxalá Deus abrisse seus olhos para que você pudesse ver que tua justiça própria é mais suja que um trapo imundo.  

Provavelmente você nunca foi acusado de qualquer forma de pecado, e talvez  você pense que aos olhos de Deus você não é totalmente culpado, mas no entanto, é certo que se você fosse pesado na balança justa do senhor, apenas por dia de tua vida, seus pecados e culpas se amontoariam como as águas de um rio represado em frente a tua consciência.

Saiba você, caro ouvinte que suas iniqüidades são infinitos. Elas são mais amplas do que a terra, mais altas que o céu, mais profundas que o inferno, e mais tenebrosas  que  a meia-noite da segunda morte. E
Por que então você se justifica, ou gasta seu tempo em fazer desculpas por seus pecados?
 
10. Condenar os outros entristece muito o Espírito Santo. Talvez alguns de vocês estão julgando e condenando aqueles ao seu redor, em vez de julgar e condenar a si mesmos. "Não julgueis, para que
não sejais julgados. Porque com o juízo que julgais, sereis julgados; e com a medida que medirdes, serás medidos.” “ E por que reparas tu no argueiro que está no teu olho do irmão, porém não reparas na trave que está no teu próprio olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho; e eis que uma trave no teu próprio olho? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho; e então verás claramente para tirar o argueiro do olho do teu irmão. "

11. Falar mal de seus irmãos ou de qualquer ser humano,  entristece
do Espírito Santo. Até mesmo falar a verdade no que diz respeito às falhas dos outros, quando isso não for necessário, também é maledicência. Deus é amor. Ele exerce infinita benevolência para com todos os seus filhos e também todas as suas criaturas, sejam boas ou más.  Ele é contra toda injustiça em qualquer caso. Ele não permite nem mesmo que o ímpio seja punido antes do tempo.

  
Ele não vai, não pode, e nem é conivente a qualquer tratamento abusivo do mais vil dos pecadores do universo. Então você, que nada sabe e nada conhece, como pode emitir algum juízo sobre alguém se o próprio Deus, que conhece e sabe todas as coisas só vai se manifestar no momento oportuno.

 Por isso, ao comentar sobre a vida das pessoas, guarda tua língua, pois o nome, a reputação ou os sentimentos do pior pecador sobre a Terra só podem ser declarados pela boca do Senhor quando ele achar que é conveniente.

Saiba que um dia os livros do céu serão abertos e toda a tua vida, inclusive os pensamentos mais perversos e os desejos mais detestáveis serão publicamente revelados e talvez aquilo que hoje você vê de defeito em um semelhante, seja encontrado em você mesmo.


Agora, deixe-me perguntar, quais são seus hábitos, a este respeito? Mulher, quando você tem companhia, que prato  você serve a sua mesa, um prato de calúnia ou um prato de bem- aventurança?  Você é como um médico legista, que está a dissecar o caráter de seu vizinho? Homem, você esqueceu que Deus disse: " Não Fale mal de nenhum homem,"  ao contrário seja brando, mostrando toda a mansidão para todos os homens "?

 

12. O desejo de vingança entristece o Espírito Santo. Este tipo de atitude é exatamente o oposto do que se espera de  um cristão verdadeiro e está  o mais longe possível do temperamento de Cristo. O Espírito de Cristo nos leva sempre para perdoar os inimigos, até mesmo aqueles que têm nos ferido. Mas o espírito de retaliação é terreno, animal e diabólico.


13. O Orgulho  entristece o Espírito Santo. O orgulho é indevida  auto-estima e vaidade. Nada é mais absurdo e doentio do que o orgulho humano; e poucas coisas estão em tanta oposição ao Espírito de Cristo  do que o orgulho. Ele se manifesta de dez mil maneiras; mas onde quer que ele opere, é uma barreira eficaz contra o trabalho do Espírito Santo na vida do discípulo de Cristo.

14. A má vontade entristece o Espírito Santo. Ela é o oposto direto da benevolência e essa atitude impossibilita o avanço do evangelho. A benevolência é a boa vontade. Malignidade é a má vontade. Querer mal a qualquer ser sob o sol é o oposto de tudo o que é belo. E como
pode ser de outra forma, do que um Deus de infinita bondade, deve ser entristecido com o malevolência de qualquer um de sua grande família? Como é que um pai se sente ao ver um de seus filhos
manifestar má vontade aos outros de sua prole? Como isso acende sua tristeza e indignação!
E como deve o coração de Deus ficar cheio de tristeza ao ver pessoas que podem fazer o bem virar as costas para seu irmão.

15. Toda negligência do dever entristece o Espírito Santo. Tão espiritual quanto orar e ler a bíblia, o  exercício de atividades  sociais e de ajuda ao próximo é uma das credencias do autêntico cristão. Muitas pessoas parecem ignorar esta parte
e se contentam com o que eles chamam de devoção a Deus. O que eles querem dizer com devoção é orar, ler a Bíblia, participar dos cultos e dar seu dinheiro para obras sociais, enquanto em seu temperamento e nas outras atividades não religiosas eles tem um procedimento muito longe do espírito de Cristo. 
Agora é certamente uma parte da religião o fazer tudo, no momento certo e da maneira correta, e toda e qualquer negligência nesta matéria é pecado. Você tem um encontro para encontrar um vizinho em uma hora especial para a transação de negócios, seja pontual;
Existe um compromisso para uma igreja ou qualquer outra reunião que você não possa ir, comunique para não deixar os outros te esperando. Você já contratado para fazer qualquer coisa para o seu vizinho ou para qualquer pessoa, faça com todas as tuas forças como se fosse par o Senhor.

16. Toda forma de egoísmo entristece o Espírito Santo. Muitas vezes tenho ensinado em meus sermões que egoísmo e pecado são termos sinônimos. Pelo egoísmo, eu já disse muitas vezes que eu não quero dizer o mero desejo de sua própria felicidade, por isso é natural. Isso  é amor-próprio  e não  egoísmo. Mas quando esse desejo se torna supremo, e nos leva a sacrificar interesses maiores, para o nosso único proveito, isto é  egoísmo; e isso é uma abominação total a Deus. 

Como odioso e detestável o egoísmo aparece a Deus,
quando ele vê esse mal terrível presente entre seus filhos em suas relações uns com os outros. Se você é um pai, você sabe como é triste, se você vê a um de seus pequeninos estarem crescendo e prosperando  à custa do bem ou felicidade do resto de seus filhos, isto é detestável aos olhos de qualquer pai, imagine aos olhos do Pai Celeste, que é muito mais justo e reto.
Agora, se nós que somos maus, nos assustamos com um procedimento egoísta, quanto mais nosso Pai Celestial reprova tal exibição de egoísmo entre os seus filhos?


Mas há muitas maneiras em que o Espírito Santo pode ser entristecido,  portanto precisamos vigiar e orar para nunca entristecer nosso grande Consolador e amigo bem presente em todo o tempo de nossa vida.  A palavra do Senhor diz que Deus se agrada mais da obediência a sua palavra do que multidão de sacrifícios. Vamos então buscar do Senhor um coração que seja quebrantado e contrito e que teme e trema diante de sua santa palavra para sempre cumprir os mandamento do Senhor.