15 de abril de 2018

"Uma mãe piedosa" por Charles Spurgeon


"Uma mãe piedosa"  por Charles Spurgeon

Resultado de imagem para the praying mother 

“Pais e mães são os agentes mais naturais para Deus usar na salvação de seus filhos. Tenho certeza de que, no início da minha juventude, nenhum ensinamento me impressionou tanto quanto a instrução de minha mãe.

Tampouco posso conceber que, para qualquer criança, possa haver alguém que tenha tanta influência sobre o coração jovem quanto a mãe que tão ternamente cuidou de seus filhos. Um homem com uma alma tão morta a ponto de não ser movido pelo nome sagrado de "mãe" é uma mancha na criação.

Resultado de imagem para the praying mother
Nunca poderia ser possível para qualquer homem estimar o que ele deve a uma mãe piedosa e fiel seguidora de Cristo.
Certamente não tenho os poderes de falar para expor minha avaliação da bênção  que o Senhor concedeu a mim, tornando-me filho de alguém que orou por mim e orou comigo.

Como posso esquecer seu olhar cheio de temor e lágrimas quando ela me avisou para escapar da ira vindoura? Eu achava os conselhos dela eloquentes e sábios. Outros podem não pensar assim, mas certamente foram para mim fontes de vida.
 Resultado de imagem para a mãe que ora pelo filho
Como posso esquecer quando ela se ajoelhou  e, com os braços ao redor do meu pescoço, orou: 'Oh, Senhor, que meu filho na tua presença!'

Resultado de imagem para a mãe que ora pelo filhoNem mesmo a sua fisionomia dura e enérgica são pra mim temor, pois até quando ela asperamente corrigia minhas iniquidades,  isso soa em minha memória como um bálsamo suave que trás a cura em seu perfume.

E seus sorrisos nunca desapareceram da minha lembrança - o sorriso de seu semblante quando ela se alegrou em ver algo de bom em mim em relação ao Senhor Deus de Israel. ”
Resultado de imagem para a mãe que ora pelo filho 



–Charles H. Spurgeon, A Autobiografia de Charles H. Spurgeon, vol. 1, 1834-1854 (Nova York: Fleming Revell Co., 1898), 68-69.