Marcadores

Igrejas e Ministérios (134) GRANDES PREGADORES E AVIVALISTAS (40) HERÓIS DE NOSSA ÉPOCA (24) MISSIONÁRIOS QUE MUDARAM NAÇÕES (23) MULHERES DE FÉ (23) MESTRES DA IGREJA (20) EVANGELISTAS E MISSIONÁRIOS (17) GIGANTES DA FÉ (17) PRESBITERIANOS INESQUECÍVEIS (17) BATISTAS FAMOSOS (13) ESCRITORES E PENSADORES (12) REFORMADORES DA IGREJA (10) ANTIGOS METODISTAS (9) FILMES QUE TOCAM O CORAÇÃO (8) O LENDÁRIO EXÉRCITO DA SALVAÇÃO (7) ENTREVISTAS " FABULOSAS" (6) Esses Cristãos Extraordinários (6) HOMENS DE ORAÇÃO (6) MISSÕES (6) OS PURITANOS (6) PIONEIROS NO BRASIL (6) 15 COISAS QUE PRECISO SABER EM TEMPOS DE GUERRA (5) A B SIMPSON (5) LUTERANOS RENOMADOS (5) O Espírito Santo (5) A inabalável Corrie Ten Boom (4) EVANGELISTAS NOTÁVEIS (4) PASTORES E PROFETAS (4) 300 Profecias sobre o Messias de Israel (3) D L MOODY ESTUDOS E SERMÕES (3) O QUE PREGAVAM OS AVIVALISTAS INGLESES DO PASSADO? (3) “Os Deveres Mútuos dos Maridos e Esposas" (3) ENFIM LIVRE Martin Luther King (2) John Wesley usando o dinheiro para nos abençoar (2) Katharina Von Bora Lutero (2) Peter Marshall - Capelão do Senado Americano (2) Robert Hall Glover Pregando sobre Intercessão Missionária (2) SPURGEON (2) Bill Machesney O VERDADEIRO FILHO DO REI (1) Bud Robinson O MONTE MORIAH Lugar de sacrifício (1) Charles Finney (1) J WILBUR CHAPMAN (1) JOHN CENNICK Evangelista Morávio (1) Patricia St. John (1) Ralph Emerson Filósofo Cristão (1) Robert Lewis Dabney (1) Robert Murray M'Cheyne (1) Robert Pearsall Smith (1)

22 de novembro de 2016

Preparando Meu Coração Para Aquele Dia - George Muller, o apóstolo da fé



Jorge Müller nasceu em 1805, de pais que não conhe­ciam a Deus. Com a idade de dez anos, foi enviado a uma universidade, a fim de preparar-se para pregar o Evange­lho, não, porém, com o alvo de servir a Deus, mas para ter uma vida cômoda. Gastou esses primeiros anos de estudo nos mais desenfreados vícios, chegando, certa vez, a ser preso por vinte e quatro dias. Jorge, uma vez solto, esfor­çava-se nos estudos, levantando-se às quatro da manhã e estudando o dia inteiro até as dez da noite. Tudo isso, po­rém, ele fazia para alcançar uma vida descansada de pre­gador.

Resultado de imagem para scotland scenic fields
Aos vinte anos de idade, contudo, houve uma completa transformação na vida desse moço. Assistiu a um culto onde os crentes, de joelhos, pediam que Deus fizesse cair sua bênção sobre a reunião. Nunca se esqueceu desse cul­to, em que viu, pela primeira vez, crentes orando ajoelha­dos; ficou profundamente comovido com o ambiente espi­ritual a ponto de buscar também a presença de Deus, cos­tume esse que não abandonou durante o resto da vida.
Foi nesses dias, depois de sentir-se chamado para ser missionário, que passou dois meses hospedado no famoso orfanato de A. H. Frank. Apesar de esse fervoroso servo de Deus, o senhor Frank, ter morrido quase cem anos antes (em 1727), o seu orfanato continuava a funcionar com as mesmas regras de confiar inteiramente em Deus para todo o sustento. Mais ou menos ao mesmo tempo em que Jorge Müller hospedou-se no orfanato, um certo dentista, o se­nhor Graves, abandonou as Suas atividades que lhe davam um salário de 7.500 dólares por ano, a fim de ser missioná­rio na Pérsia, confiando só nas promessas de Deus para su­prir todo o seu sustento. Foi assim que Jorge Müller, o novo pregador, recebeu nessa visita a inspiração que o le­vou mais tarde a fundar seu orfanato sobre os mesmos princípios.
Resultado de imagem para scotland scenic roads
Logo depois de abandonar sua vida de vícios, para an­dar com Deus, chegou a reconhecer o erro, mais ou menos universal, de ler muito acerca da Bíblia e quase nada da Bíblia. Esse livro tornou-se a fonte de toda a sua inspira­ção e o segredo do seu maravilhoso crescimento espiritual. Ele mesmo escreveu: “O Senhor me ajudou a abandonar os comentários e a usar a simples leitura da Palavra de Deus como meditação. O resultado foi que, quando, a primeira noite, fechei a porta do meu quarto para orar e meditar sobre as Escrituras, aprendi mais em poucas horas do que antes durante alguns meses.” E acrescentou: “A maior di­ferença, porém, foi que recebi, assim, força verdadeira para a minha alma”. Conta-se que antes de George Mueller morrer, ele havia lido a Bíblia inteira cerca de duzentas vezes; cem vezes o fez es­tando de joelhos.


Resultado de imagem para scotland scenic fields
Certo pregador, pouco tempo antes da morte de Jorge Müller, perguntou-lhe se orava muito. A resposta foi esta: “Algumas horas todos os dias. E ainda, vivo no espírito de oração; oro enquanto ando, enquanto deitado e quando me levanto. Estou constantemente recebendo respostas. Uma vez persuadido de que certa coisa é justa, continuo a orar até a receber.  O grande ponto é nunca deixar  de orar até receber a resposta.