9 de dezembro de 2013

Phoebe Palmer avivalista do movimento HOLINESS


Phoebe Palmer

 




O Movimento holiness                   ( em português, santidade )foi evocado por avivalistas norte-americanos e pelo evangelista Metodista  James Caughey, bem como o presbiteriano Asa Mahan e o presbiteriano que virou congregacionalista   Charles Finney. Eles  começaram a ensinar o conceito de vida em santidade como uma “segunda obra da graça”.2

Pouco depois destas primeiras infusões de ideias Holiness, o Dr. Walter Palmer e sua esposa  Phoebe Palmer de Nova York, foram para a Inglaterra nos anos 1850 e de 1860, para promovê-los. Phoebe Palmer,   uma líder leiga,3 destacou-se por promover reuniões de "santidade" e por publicar um influente periódico, tendo sido evangelista itinerante não somente na Europa, mas também na América do Norte.2

 


O reavivamento de santidade que varreu a América em 1800 foi um avivamento bíblico de fé. A santidade de coração era fundamental para a fé. A pregação e o ensino eram centrados na vida cheia do Espírito santificado. Pregadores proclamavam que a santidade era disponível como salvação, com base na fé. Mas alertavam que a santidade era mais do que uma vida de rendição, era uma vida guiada pelo Espírito Santo que conduzia a intimidade com o Senhor. Como a fé vem pelo ouvir, todos precisam aprender a ouvir, tanto a palavra, como a voz interior do Espírito Santo. Ousadia em buscar a Deus produz uma fé inabalável.  

A chave dos avivamentos era a fé na palavra de Deus, mas essa fé deveria ser expressa e testemunhada somente depois da pessoa começar a andar em santidade. Nesse tempo , Phoebe Palmer disse:  "Há leis que governam" o universo moral 'de Deus, assim como existem leis que governam o universo físico. Esta estrutura de causa e efeito moral ou espiritual é revelado principalmente na Bíblia .... Se alguém entende essas leis e atos, de acordo com eles, é certo que os meios designados vão alcançar os fins desejados .... Os efeitos da fé deve necessariamente seguir, porque os princípios pelos quais o reino da graça é regido são imutáveis. "

Esse avivamento ensinou que as "leis da fé" são princípios pelos quais o cristão cumpre as condições das promessas da aliança de Deus, e Deus responde. Os cristãos entenderam a necessidade de crer sem qualquer outra evidência, a não ser a Palavra de Deus. Eles proclamaram que, quando foram atendidas as condições de Deus, Deus faria a sua parte, com ou sem qualquer testemunha emocional para os sentidos. Santidade deve ser aceita pela fé antes de haver qualquer mudança consciente.  

Em seu prefácio para a beleza da santidade , Timothy L. Smith  escreveu: "Phoebe Palmer ... exerceu uma influência contínua sobre pregadores metodistas e suas esposas e sobre os líderes de destaque na maior denominação protestante da América por 25 anos .... Ela também se tornou uma das mais conhecidas escritoras religiosas do país e uma das mais poderosas oradoras do Metodismo "

Estima-se que Palmer levou mais de 25.000 pessoas para o Senhor.  Ela influenciou BT Roberts , fundador da Igreja Metodista Livre; Hannah Whitall Smith; AB Simpson , fundador da Aliança Cristã e Missionária, e evangelista DL Moody , que seguiu suas práticas de avivamento. No outono de 1857 quando a palavra de seus revivals espalhou por Nova York, uma reunião de oração para os empresários foi lançado e se transformou em um renascimento em todo o país conhecido como o "ano de milagres."


Palmer ensinou que:

(1)              Fé e santidade vão de mão em mão. A fé faz você santo, e confissão permite que você persevere em santidade

(2)              Fé Santificada acende o avivamento. Deus não pode trabalhar onde incredulidade prevalece. A fé envolve rendição plena e total confiança em Deus.

(3) Verbalize  a sua fé. Palmer aconselhou um amigo ", Não se esqueça que, crendo com o coração, e confessando com a boca, são princípios correlatos e intimamente ligados .... Se o seu coração acreditou, você então deve confessar com a boca. E, assim,você não deixa o seu trabalho incompleto .... Você tornou-se "cauteloso em professar a bênção", ao invés de  ter "deixado de cumprir com a condição" estabelecidas por Deus. "

(4) Tenha uma fé baseada na Bíblia. Palmer e os pregadores da santificação viveram muito antes dos cultos da nova era e confissão positiva do ensino de exigir direitos a Deus. Se eles vivessem nesses tempos, com certeza, abominariam essas práticas por NÃO SEREM BÍBLICAS. Ela aconselhava a seus ouvintes: "Não olhe para a prova física ou manifestações, mas olhe para a Bíblia”

(5) A fé é a guerra espiritual. Um cristão deve fazer a batalha com as forças espirituais das trevas e vencê-las pelo poder de Cristo. 

(6) A fé deve exercer a sua autoridade. fé deve ser posta em prática em palavras e atos. Oração sem fé é impotente.



Samuel Logan Brengle do Exército da Salvação escreveu em seu livro “ O Progresso da Santidade”  que a batalha da fé é com o diabo: "É uma luta de fé em que a alma se apodera da promessa de Deus, e mantém-se firme nessa promessa, CRENDO E DECLARANDO QUE ELA É VERDADEIRA,  apesar de mentiras do diabo, apesar de todas as circunstâncias e sentimentos em contrário,  E ATÉ MESMO QUANDO PÁRECE QUE O SENHOR NÃO ESTÁ OUVINDO.

 Quando uma alma chega ao ponto em que ele vai fazer isso, e se apegam a profissão de sua fé, sem vacilar, ele logo vai sair dos nevoeiros e névoas e crepúsculo de dúvida e incerteza para o dia largo de segurança perfeita. " Você deve permanecer nas promessas de Deus contra as mentiras do diabo, e contra todas circunstâncias e sentimentos de seu coração, caso seja preciso.