28 de junho de 2014

Robert Pearsall Smith






Robert Pearsall Smith
Robert e sua esposa  Hannah, cresceram como Quakers. Hannah and Robert Pearsall Smith se converteram ao Senhor em 1858 na igreja Metodista e se tornaram parte do movimento de santificação americano
Hannah Whitall Smith, recebeu a segunda bênção em  1866  e seu esposo um anos depois. Mr. Smith
Era um promissory fabricante de vidros, mas uma queda de seu cavalo em 1861 o levou a lutar por sua saúde pelo resto de sua vida. Por causa de suas fraturas no crânio, procurou medicos da Europa para auxilia-lo no tratamento e foi para a Suíça e Inglaterra em 1873. Na Inglaterra começou a participar do movimento inglês de santificação e o casal se tornou figura central nas convenções de Oxford (August-September 1874) e Brighton (May-June 1875).
Hannah Whitall Smith’s, sua esposa , escreveu o famoso livro devocional “ O segredo cristão para uma vida feliz”, que vendeu milhões de cópias.
Pouco tempo depois, o casal conheceu Théodore Monod que traduziu e publicou livros sobre santificação em francês.


No início do outono de 1874, mais de 1.000 participantes reuniram-se em Oxford, Inglaterra, para promover a santidade bíblica. A convenção foi o resultado da influência de pregadores de santidade americanos como WE Boardman, Robert Pearsall Smith e sua esposa, Hannah Whitall Smith, que veio para a Inglaterra em 1873, pregando sobre o poder da santificação. O movimento de santidade americano foi o produto de espiritualidade Wesleyana radical e se espalhou para a Inglaterra através da pregação de crentes  americanos. A reunião  de Oxford foi crucial no desenvolvimento do movimento de santidade britânico. Um dos líderes falou:                          "Uma nova era de bênção está prestes a vir sobre a Igreja de Deus, em que o poder de Deus de novo se manifeste em um grau extraordinário, para o conforto do Seu povo e da confusão de seus adversários. "
A reunião contou com a Oxford pregação de vários defensores da santidade americanos, incluindo o Smiths, Boardman, Asa Mahan, e a ex-escrava Amanda Smith. O avivamento se  expandiu  para Londres, Dublin, Manchester, Nottingham, Leicester, e Paris. Crentes participavam  com uma expectativa Pentecostal: ". . . a chamada para Oxford pareceu a muitos como a voz do Mestre aos trabalhadores cansados ​​e muitas vezes desanimados com um cristianismo sem poder do alto”. Jesus falou para que “ esperassem a promessa do Pai, que ouvistes de mim '"                                      O objetivo do encontro " era "levar os cristãos a atos de consagração mais completos ao Senhor, e de confiança ilimitada em suas promessas, preparando assim o caminho para" ser cheio do Espírito Santo, '-'. Serem batizado com o Espírito Santo ' "Essa antecipação revela o trabalho preparativo do movimento de santidade em preparando corações para o verdadeiro Pentecostes, que estava para vir, na virada do século.

Um dos participantes da reunião da União de Promoção da bíblica Santidade foi Canon TD Harford-Battersby, que inicialmente rejeitou a idéia de uma "permanente santidade." No entanto, durante a convenção, Canon Battersby passou por uma transformação depois de uma visão da glória do Senhor . depois deste encontro místico, Battersby falou sobre ". . . a doce sensação de Sua presença abençoada . . . "Mais tarde, ele testemunhou na convenção:" Eu me sinto muito grato por ter participado desse novo pentecostes "e tornou-se um apologista para a experiência do batismo de santidade. Após seu retorno para a sua paróquia em Keswick, Canon Battersby autor de um estudo intitulado "realizações mais elevadas da santidade no cristão  e como promovê-los", e a  necessidade da "vida superior" e "entrega total" entre os cristãos professos. Em 1875, juntou-se com Battersby Robert Wilson, um ministro Quaker em Broughton Grange para sediar uma convenção santidade na Igreja de St. John, em Keswick, que contou com "centenas". A convenção cresceu anualmente e ainda é realizada anualmente em Keswick.
Teologicamente, o movimento de santidade Keswick diferente de seu pai Wesleyan. Onde americano Wesleyanismo salientou santificação como um definitivo trabalho da graça após a conversão , que supostamente erradicaria a natureza pecaminosa, Battersby e seus associados definiu o "perfeito" cristão como "aquele que é governada pelo Espírito habitualmente, em sua conduta, ações e palavras: ele gosta de constante comunhão com Deus, e a vitória contínua sobre o pecado através de permanecer sempre em  Cristo ".
O Pentecostes antecipado pelos defensores da santidade no século XIX foi realizado no século XX, como crentes começaram a receber o batismo com o Espírito Santo falando em outras línguas.
Matthew Shaw é um bibliotecário na Ball State University. Ele vive em Muncie, Indiana com sua esposa, Brandi, e seus quatro filhos. Ele atende River of Life Church.