23 de agosto de 2014

Bud Robinson O MONTE MORIAH Lugar de sacrifício

Bud Robinson  
O lenhador do Tenessi
O MONTE MORIAH
Lugar de sacrifício

Bem ,neste monte nós nos lembramos da história de um pai e seu amado  e único filho e foi neste lugar que Deus pediu para um homem fazer a mais difícil coisa que jamais foi pedida para um homem fazer neste mundo e o nosso velho herói nunca perguntou a Deus, nem mesmo uma simples pergunta, mas de madrugada, pegou o garoto, a lenha e a faca ae subiu ao monte Moriah para o sacrifício.
 


Heb. 17:18, 19: "By faith Abraham when he was tried offered up Isaac and he
that had received the promise offered up his only begotten son of whom it was said that in Isaac
shall thy seed be called, accounting that God was able to raise him up even from the dead from
whence also he received him in a figure."


Como vemos, se Abraão acreditava que seu filho seria ressuscitado por Deus, então em seu coração ele estava mesmo disposto a sacrificá-lo, tamanho era o seu temor ao Santo de Israel e Deus deu a ele o crédito de ter sacrificado seu único filho, pois era esta a sua intenção.

Por isso, está escrito que pela fé, Abraão ofereceu o seu filho Isaac e todos os crentes do mundo tiram o chapéu para esse grande homem de Deus.
Vemos então que fé é já ter obedecido no coração, pois para Abraão, seu filho Isaac já estava morto, a ponto de ele já crer em uma ressurreição.
Nesta maravilhosa história, nós vemos uma das lindas tipologias da bíblia, onde Deus pai é representado por Abraão e Jesus é representado por Isaac e o Espírito Santo é representado pelo fogo nas mãos de Abraão.  


Nós vemos que Isaac era o filho da promessa. Isso foi declarado pelo Próprio Senhor “ De Isaac será chamada a sua descendência” e agora o Senhor pede a Abraão que sacrifique o filho prometido, o mesmo do qual ele disse     “ Minha aliança será entre mim e Isaac”


Agora, estamos diante de um homem de mais de 100 anos, que recebeu uma promessa logo depois de juntamente com Sara, cear com anjos. A promessa se cumpriu, uma mulher de quase 100 anos deu a luz a uma linda criança que se tornou a alegria da casa. Depois de mais de 10 décadas de espera, finalmente o pai da fé tinha um herdeiro, não precisava deixar tudo  o que tinha para o damasceno Elieser, mas eis que vem a voz de Deus;
-Abraão, toma agora teu filho, teu único filho e vai para o alto do monte e oferece ele a mim como sacrifício.


Agora ouçam, meus amados ouvintes, Abrão não fugiu como fez Jonas, não negou como fez Pedro, não traiu como fez Judas e nem amaldiçoou como fez a mulher de Jó. Abraão obedeceu o Senhor, ainda que com o coração partido.

Nessa agonizante cena, nós vemos o menino Isaac como uma figura de nosso bendito Senhor Jesus. Da mesma forma que o filho de Abraão carregava a lenha para o seu próprio sacrifício, o Senhor carregou nos ombros a cruz que iria matá-lo.

Assim como Isaac era o filho da promessa, Jesus também era o filho da promessa. A promessa que começou a ser feita no jardim do Édem para Eva, de que o filho da mulher esmagaria a cabeça da serpente. Deus disse que Isaac abençoaria  as  nações da terra, mas a ordem agora era para sacrificá-lo.


O fogo nas mãos de Abraão era para consumir Isaac e o Espírito Santo nas mãos do Pai é para consumir todo o nosso velho homem. Assim como Abraão resgatou Isaac da morte nós também devemos morrer para este velho mundo e deixar o fogo do céu consumir toda nossa vontade carnal pelo poder do Espírito Santo e então nos levantaremos como novas criaturas e andaremos em novidade de vida. As velhas coisas então passarão e tudo se fará novo, como está escrito no livro de Deus.   


Abraão simplesmente acreditou, que sacrificando seu filho e queimando-o no altar, Deus poderia fazê-lo reviver das cinzas, pois o mesmo poder que fez  de uma estéril de 100 anos, mãe de filhos, poderia trazer seu filho da morte.

Muitas pessoas dizem, eu votaria em fulano, porque ele é um homem direito, mas eu sei que vou perder meu voto. Bem ,a bíblia diz que Abraão creu em Deus e essa sua fé lhe foi creditada como justica. Pois bem meu irmão, siga o exemplo de Abraão, faça o que é certo, creia na palavra de Deus, creia no evangelho de Cristo, pratique a justiça, defenda o direito, fique do lado do que é correto e não daquele que vai ganhar, ou da maioria ou de onde você terá mais vantagem e Deus também imputará em sua conta a justiça de Cristo.

Bud Robinson  
O lenhador de Cristo