24 de agosto de 2014

Sarah Cooke A intercessora de Moody

Sarah Cooke  A intercessora de Moody
Muitas vezes, os presentes mais preciosos de Deus estão escondidos nos vasos mais obscuros e comuns. A pérola de grande valor é encontrada escondida na concha de uma ostra cinza comum e o próprio Salvador foi revelado na forma de um humilde carpinteiro. No entanto, temos ainda muitas vezes esperado encontrar a glória de Deus em algum grande palco, banhada em luzes brilhantes. (1 Cor 1, 26-29.) 



Sarah Cooke (mais conhecida como Tia Cooke) foi uma das pérolas escondidas do Mestre.Seu ministério foi principalmente o de fervorosa intercessão. Embora frágil e pequena, tia Cooke prevaleceu com Deus e os homens através do poder da oração. Seu ministério era invisível, ainda que influenciado aqueles que eram altamente respeitados e estimados. Ela tocou as vidas de homens como Samuel Brengle, G. Campbell Morgan, BT Roberts, John Wesley Redfield, SB Shaw e DL Moody. Todos estes e muitos mais foram impactados por esta pequena mulher de oração. Sarah Cooke reconhecia que a verdadeira oração era fervorosa, séria e uma luta no Espírito. Ela considerava todos os momentos passados ​​em oração real como um momento passado no fogo refrescante do Espírito Santo. Ela estava sempre pronta para ajudar a apoiar o trabalho de avivamento de Deus com a arma da oração.  Autobiografia de Mrs. Cooke é rica em exemplos de seu ministério de oração. Ela escreve: "Foi na vila de Ross que o trabalho começou em grande poder. Parecia haver uma explosão da nuvem de misericórdia. Por quilômetros e quilômetros em torno do lugarejo, a" misericórdia caiu” sobre o povo.  Convicção de pecado e arrependimento  alcançavam o povo a mais de 15 milhas de distância do local de culto.




“Passamos por um lugar um dia onde os homens tinham parado sua máquina de debulhar grãos  e estavam tendo uma reunião de oração. Um pouco mais adiante, mais ceifeiros havia parado seu trabalho, e caíram de joelhos em oração... Houve temporadas freqüentes de oração fervorosa e prevalecente, o povo cantava hinos e compartilhavam a palavra e davam  testemunhos do que Deus havia feito. Nós não tivemos serviços religiosos formais . O bendito Espírito Santo soprou vida e poder sobre nós em todos os serviços. explosões súbitas de clamor por misericórdia e gritos de louvor foram ouvidas na maioria das reuniões. " 

Outra história que descreve a fecundidade do ministério de oração da Tia Cooke envolve o famoso DL Moody. Sra Cooke descreve seu encontro com o evangelista. "Sr. Moody era, um trabalhador com uma alma sincera, mas para mim parecia haver uma tal falta em suas palavras. Parecia mais o ser humano, a energia natural e força de caráter do homem, do que qualquer coisa espiritual. Senti que ele não tinha o que os apóstolos receberam no dia de Pentecostes. Querida irmã Hawxhurst e eu teria, após as reuniões à noite, conversar com ele sobre isso. No começo, ele pareceu surpreso, e depois admitiu. Então ele nos pediu para se encontrar com ele na tarde de sexta-feira para a oração . Em cada reunião que ele ia, sua vontade e desejo por mais de Deus ficava mais  sério, numa agonia de desejo para a plenitude do Espírito.
". Logo após essas reuniões de oração, o Sr. Moody  foi batizado com o Espírito. Enquanto caminhava pela Broadway, em Nova York, "de repente, o Espírito Santo desceu sobre ele, e ele cambaleou sob o peso da glória e da riqueza do amor de Deus. Ele ficou tão emocionado com a revelação de Cristo em que ele gritou:" Oh , Senhor, segure a tua mão, segura a tua mão ou este vaso vai quebrar. "


Moody voltou para Chicago e, como ele mesmo disse, ele pregou os mesmos sermões, mas onde antes ele tinha dez convertidos, ele agora tinha centenas de pessoas. " 
Tudo isso pode ser rastreada, em grande medida, a constante intercessão da pequena Tia Cooke para o Sr. Moody. 
Samuel Brengle descreveu Sarah Cooke como uma das mulheres mais jubilosas que ele já conhecia. Jesus foi a paixão e a alegria da sua alma. "Ela não deixava nenhuma oportunidade passar para falar com o  santo ou pecador da grande salvação de Cristo.
Dr. Campbell Morgan testemunhou  como ele entrou em  um bonde certa vez e viu um homem sentado sozinho em uma das cadeiras. Ele sentiu um impulso para falar com ele sobre a sua alma, mas hesitou em reunir sua coragem. Quando ele se virou para tomar o assento ele achou ocupado por uma pequena mulher, que estava agora sinceramente falando com o homem
". Aquela pequena mulher era Sarah Cooke”.

Sra Cooke ficava muitas vezes com o coração partido pelo pecado da falta de oração entre os cristãos. Para encerrar, vamos lembrar de uma história da própria Sra Cooke de como a oração é muitas vezes negligenciada na Igreja.

"Eu estava em uma reunião em Illinois, Chicago, onde mais de vinte pregadores estavam presentes, todos os dias uma reunião de oração era realizada às seis horas. Três manhãs se passaram e nenhum dos vinte pregadores veio para orar. Minha alma ficou  agitada dentro de mim. Se eles vivem para Deus, será que eles não deveriam buscar mais de Deus para poderem repartir com  as pessoas que se reuniam lá durante o dia? pregador amado, acorde para o evangelho!  " Vós não tendes, porque não pedis."Tiago 4: 2.

·     Traduzido do site awakeandgo.com