24 de maio de 2015

“Stonewall Jackson O GENERAL DE DEUS

Stonewall Jackson
  Foi um dos maiores Generais do exército confederado na guerra da secessão dos EUA juntamente com Robert E Lee. Ele foi o comandante do Exército da Virgínia do Norte e foi  acidentalmente atingido por fogo amigo em uma  batalha em 1863,  depois disso ele morreu por complicações em uma pneumonia. Sua morte foi um golpe duro para a Confederação afetando o moral do exército e o povo sulista.
Foi considerado um dos mais brilhantes generais táticos da história dos Estados Unidos. Seu apelido veio de uma grande vitória na batalha de Bull Run onde se manteve firme como uma parede de pedras lhe rendeu o famoso apelido stonewall.








E busquei dentre eles um homem, que tapasse os muros, e se pusesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; porém a ninguém achei - Ez 22:30... 

O futuro de uma nação depende diretamente as escolhas de seus homens. É aqui que os homens da América, como um todo, falharam. Como as ligações individuais de uma cadeia, as opções imorais de nossos homens têm realmente trazido a esta nação à escravidão espiritual. Muitos homens estão agora desperdiçar o zelo e a força de sua juventude em  atividades particulares e correndo atrás de seus próprios interesses. Nossas igrejas estão cheias de homens que gritam  elogios a atletas profissionais e admiram celebridades mas são covardes para louvar o Rei dos Reis. Endurecidos e passivos, esses homens são nulos em ousadia do Espírito Santo.Ainda assim, Deus, em sua misericórdia,  está determinado a usar homens para ficar na brecha. 

 " Capitão, minha religiáo me ensinou que devo me sentir segura no meio da batalha igual me sinto em minha cama. Deus já determinou o tempo de minha morte, portanto eu não tenho preocupação com isso, mas estar sempre preparado, não importa onde estou ou o que estou fazendo, isso sim deveria ser a preocupação de todo homem, pois agindo assim todos nós podemos ser honrados." Stonewall Jackson


Na pessoa de  "Stonewall Jackson", Deus encontrou um verdadeiro homem que iria ficar na brecha. Ele era forte e suave, o lema de sua vida era: "Senhor, que queres que eu faça?" Agia com determinação e fervor no campo de batalha e da mesma maneira ao lado de sua cama ajoelhado também lutava as guerras lá de cima.  "Ele era um homem de oração, acostumado em tudo o que ele fazia,  pedir a bênção e a orientação divina. Seus amigos diziam que quando  uma batalha estava próximo, ele se levantava o tempo todo de madrugada para orar e orar fervorosamente

Sobre ele,  o Rev. William Brown falou: "O velho Jack" (Jackson) parece de outro mundo. Ora, eu freqüentemente me encontrava com ele na floresta para orar e ele  andava de um lado para o outro murmurando para si mesmo frases que eu não compreendia e gesticulando descontroladamente, e Nesses momentos ele parece totalmente alheio a minha presença e de tudo o mais. " 
"Deixe- nos cruzar  o rio e descansar debaixo da sombra das árvores"



"Um amigo uma vez foi conversar com Jackson sobre a dificuldade de obedecer a sobre o " orar sem cessar ", e Jackson insistiu que esta palavra poderia ser facilmente obedecida. Quando tomo minhas, dou graças, quando eu tomar um gole de água, eu sempre faço uma pausa para lembrar do favor do Senhor, quando eu tomo um refresco,  levanto o meu coração a Deus em agradecimento e oração pela a água da vida. Sempre que eu levo uma carta ao correio, peço a Deus para abençoar o que está na carta, a  missão e a pessoa que é enviada para cumprir a missão. Quando eu abro  o selo de uma carta que  recebo eu paro para orar a Deus para que Ele possa me preparar para o seu conteúdo. Quando eu vou para a minha sala de aula e aguardo o arranjo dos cadetes em seus lugares, aproveito o tempo para interceder junto a Deus por eles. E assim de qualquer outro ato familiar do dia. "Apesar de ser um homem de habilidades superiores, Jackson humildemente reconheceu a sua necessidade de Jesus em tudo o que fazia. 
 "nunca tome conselhos com seus medos" Stonewall Jackson
Como um general no exército confederado, ele teve uma profunda influência sobre os homens. Era seu exemplo santo e orante que contribuiu para o grande avivamento entre as tropas do sul. Por meio do verão de 1863, avivamento se espalhou para todos os exércitos confederados. Um capelão do 26ª regimento do Alabama  disse que sua unidade sozinha tinha em média 100 converções por semana durante várias semanas. Durante este mesmo tempo, outro capelão declarou que, 'A história moderna não apresenta nenhum exemplo de um exército tão crente como esse exército confederado. Um terço de todos os soldados no campo eram homens de oração e membros de alguma igreja. JW Jones sugeriu que 150 mil conversões ocorreram no exército de Lee sozinho. Foi esse avivamento que sem dúvida preparou o Sul para a humilhação que estava a seguir a sua eventual derrota, mas o melhor de tudo o renascimento preparado milhares de jovens e adultos para encontrar Cristo na eternidade.Verdadeiramente, o general Jackson impactado nossa história através do poder da oração. O exército confederado, apesar de perder a guerra, foi milagrosamente muito longe em suas campanhas do que se podia imaginas, pois o exército do norte era muito mais rico, mais treinado e mais numeroso.



Qual é a nossa maior necessidade hoje em nossa nação moralmente caída? Precisamos mais uma vez que Deus levante homens como o General   “Stonewall  Jackson", alguém que possa tapar os muros que estão caindo e que ficasse na brecha em oração perante Deus por esta terra, para que o Senhor possa levantar mais homens santos e  corajosos!      Oh Deus, faça-nos HOMENS SEGUNDO O SEU CORAÇÃO!