22 de outubro de 2013

Jack Wyrtzen Fundador do Palavra da vida





Salvo aos 19 anos por meio do testemunho de um amigo, Jack deixou
seu grupo de dança e começou a estudar a Bíblia com um punhado deamigos. Jack   costumava    citar o  seguinte  versículo   da   Bíblia  que
caracterizou  a sua vida após a conversão:
"
Eu acredito que é de responsabilidade de cada geração  alcançar a
sua geração para Cristo"

"Por isso,  qualquer um que está em Cristo, é nova criatura, as coisas velhas
 já passaram, eis que tudo se fez novo. " 2 Coríntios 5:17. , NVI )

Jack tinha uma fome insaciável pela Palavra de Deus e uma paixão para                                      
compartilhar sua fé onde quer que fosse -                  
nas esquinas, nas prisões e em
qualquer lugar uma multidão pôde ser encontrado. Ele era um vendedor de
seguros, mas depois que se converteu o seu coração ardia para pregar,
e pregar foi o que ele fez com todas as oportunidades que Deus lhe deu. 
Seu espírito sempre   entusiasmado para apresentar o Evangelho atraiu
a atenção e em 1940 foi-lhe dado um programa  em uma estação de rádio
em Nova York.

Foi neste momento que Deus falou com Jack para ele deixar o emprego,
e dar um passo de fé e começar o trabalho da Palavra da Vida. Ele viajou
por toda a América em reuniões evangelísticas nas principais cidades,
bem como em Fazendas, igrejas do interior e zonas rurais. Jack acreditava que, como um evangelista, ele " devia ter uma vida acima de qualquer suspeita, se render totalmente  a Cristo, ter compaixão pelos  perdidos e um dom de pregação persuasiva.
 " Na verdade, essas características  foram evidenciadas na vida de Jack Wyrtzen.



há mais de sessenta anos atrás, começou com um senhor chamado Jack Wyrtzen.
Quando jovem, com 19 anos de idade, ele
se converteu e logo percebeu que era o único crente em
toda a cidade de Nova Iorque, e que era responsabilidade
dele evangelizar toda a cidade. Ele começou a pregar nas
esquinas e, em toda oportunidade que tivesse, ia
compartilhando a sua fé. Aos poucos, ele juntou pessoas
ao seu redor. Chegou uma época em que achava que não
poderia mais continuar trabalhando. Era vendedor de
seguros, mas deixou o emprego e, pela fé, começou a
evangelizar em tempo integral. Casou-se e a primeira
filha na família dele hoje é a minha esposa.
Ele começou a receber convites de igrejas de
Nova Iorque e a fazer campanhas evangelísticas. Em
seguida, outras cidades o chamaram também para pregar.


     Houve um outro servo do Senhor, que tomou o nosso texto literalmente. Jack Wyrtzen (fundador da Palavra da Vida) realizava um acampamento bíblico de verão, em Schroon Lake, N.Y.. Numa das conferências de 

adultos, um dos presentes apresentou-se com deficiência física grave. Porque ele não conseguia controlar os músculos da boca, ele não era capaz de engolir a comida toda. Muita dela vinha para fora e caía nos jornais com que cobria o peito e pernas. O cenário não era propício para se comer              
 agradavelmente e como resultado      
este homem sentava-se normalmente sozinho numa mesa.


     Devido às pressões do seu trabalho Jack Wyrtzen chegava muitas vezes atrasado à sala de jantar. Quando ele aparecia à porta, as pessoas acenavam-lhe com entusiasmo para que ele se sentasse à sua mesa. Mas Jack nunca o fez. Ele ia sempre para a mesa onde este participante comia sozinho. Ele tratou superiormente um homem de baixo nível.


Este livro é a única obra em português de Jack






veja também http://www.opv.org.br