30 de outubro de 2014

Quando o dinheiro é uma bênção Eles creram

Quando o dinheiro é uma bênção
Salmo 116:1-14; Malaquias  1; Mateus 25:14-30; Hebreus 11:4                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                         Dwight L. Moody uma vez disse que ao lado dos mártires no céu estariam aqueles que tem o ministério de angariar dinheiro para a obra de Deus. Abrimos um parêntesis  aqui para elucidar que estes são aqueles que pedem dinheiro para o reino de Deus e não para proveito próprio ou para seu próprio ministério. Alguém  também já falou que o nervo mais sensível de nosso corpo é aquele que liga o coração a carteira.
A bíblia diz, “ Aonde  está o teu tesouro , ali está o teu coração”, por isso a pregação sobre o uso correto do dinheiro  ( não sobre ênfase na prosperidade material, o que não é bíblico ) pode trazer tremendas vitórias espirituais. A Palavra de Deus nos traz aproximadamente 500 versículos sobre oração, quase isso sobre e fé, mas mais  de 2000 versos sobre dinheiro e posses materiais. No novo testamento, 1 em cada 10 versos bíblicos tratam diretamente sobre finanças. Por isso te darei 4 verdades e 4 textos bíblicos para você meditar em seu coração:
1-     DEUS É QUE TE DEU TUDO O QUE VOCÊ TEM
         Sl 116:1-14
Uma perspectiva bíblica sobre dinheiro é a de que nós, mesmo sendo  filhos de Deus não somos bons em dar as coisas para os outros e nem mesmo para Deus. Deus sim, é mestre na arte de dar e repartir o que tem. Paulo nos fala em 1 Corintios, “ O que você tem que não tenha recebido de Deus “ (1 Co4.7) e Tiago nos ensina “ Que todo dom perfeito e toda boa dádiva, vem do pai das luzes” (Tg 1.17). E o que estes textos ensinam para nós?
O salmo 116 diz que Deus me deu ouvidos para ouvir bem, Deus me ajudou a atravessar a forte tempestade, Deus me protegeu, Ele me deu paz, Ele me deu descanso e Ele sempre me manteve no caminho certo e então no verso 12 o salmista faz a pergunta chave sobre o tema de finanças: “ O que eu oferecerei ao Senhor por tudo o que Ele tem feito por mim?”
Um homem muito rico, conhecido na igreja por sempre reclamar e murmurar de seus problemas, certa vez caiu gravemente enfermo e no seu leito, já a beira da morte, perguntou ao pastor ” O que o  reverendo acha, se eu desse todo meu dinheiro para a igreja, Deus me deixaria entrar no céu? Se eu doasse tudo o que eu tenho, iria ser o bastante para eu conseguir garantir o meu lugar no paraíso?” E pastor respondeu: “Eu não tenho certeza caro irmão, mas não custa tentar.”
A verdade é, a culpa, o egoísmo e o interesse próprio atraem os membros da igreja para a barganha com Deus e muitas vezes com o consentimento das autoridades da igreja e isso leva a igreja a ser uma igreja miserável e doente.
Mas as escrituras nos convidam  a responder a Deus com gratidão e alegre obediência, dando o que o Espírito Santo mover em nosso coração e isso com amor, porque nós sabemos que o que temos, nós recebemos primeiramente do Senhor.(I João 4:9-10).
Nosso Melhor ou  nada
Malaquias 1
A lei do Velho Testamento requer das pessoas que elas deem  o melhor para Deus, mas a tentação fazia as pessoas levarem ao altar de sacrifício, ovelhas defeituosas, cegas e doentes. E Deus, na ocasião, disse aos que vacilavam “ Agora suplicai o favor de Deus, para que se compadeça de nós! Com tal oferta de vossa mão, aceitará ele a vossa pessoa?” (Malaquias 1:9)
Nós podemos fazer melhor,  podemos melhorar nossa leitura bíblica, porque passamos meia hora todos os dias lendo jornais e revistas e cinco minutos lendo a palavra. Fazemos grandes sacrifícios por nossas carreiras, estudamos, nos preparamos para concursos, nos esforçamos indo até mesmo a noite para a faculdade. Nossa melhor energia é gasta na tentativa de melhorar nossos rendimentos e padrão de vida, mas quando se trata em servir o corpo de Cristo, nós ou nos acomodamos na retaguarda dos programas de apoio ou então nos engajamos em algo que dá pouco trabalho.  Davi falou “ Não oferecerei ao Senhor sacrifícios que não me custem nada”.
Nos jogos e festas, nos alegramos com júbilo e saltamos para celebrar a alegria passageira, mas na adoração ao Grande EU SOU, ao Rei do Universo, as vezes até nos sentamos em atitude passiva mentindo ser reverência.
Um sacrifício de um cordeiro doente é quando nós gastamos  todo nosso dinheiro na reforma da casa ou na viajem de férias e quando a igreja está em necessidade, olhamos para nosso orçamento e dizemos, bem, vamos ver o que sobrou este mês...talvez eu possa ajudar, mas infelizmente não sobrou muita coisa...
Um sacrifício de tolo é quando nós damos absolutamente tudo o que nosso filhos pedem, desde os mais caros brinquedos as mais sofisticadas roupas, mas nós não ensinamos eles a amarem a Jesus, a lerem a bíblia e a serem pessoas agradecidas. Então o coração deles não se inclina para as coisas do alto.

Como investir a sua vida
Mateus 25:14.-30
Quase a metade das parabolas da bíblia tratam sobre dinheiro e bens materiais.  E talvez uma das mais conhecidas é a parábola dos talentos, que ilustra a lição de mordomia cristã de maneira tão clara que pode revolucionar nossa maneira de pensar e agir.
   “A terra pertence ao Senhor! Todas as coisas em todo o mundo pertencem a Deus!
Salm 24:1   e nós fomos criados para sermos gerentes de suas coisas, administrators, mordomos.
ISTO É O QUE SIGNIFICA MORDOMIA CRISTÃ: DEUS É O DONO DE TUDO E NÓS FOMOS ESCOLHIDOS PARA CUIDARMOS DE SEUS NEGÓCIOS.
Este rico comerciante tinha oito talentos e os confiou a seus servos, sabendo da capacidade de cada um. Um deles estava gelado pelo medo e escondeu o talento. “Viver uma vida se escondendo dos riscos, sempre pisando em terreno absolutamente seguro, nunca ousando rumo ao desconhecido é uma vida que não vale a pena ser vivida. Somente uma vida que é consumida por uma paixão de sempre querer mais de Deus e se arriscar para isso é que vale a pena ser vivida”
Os outros dois servos, entretanto, investiram bem e receberam suas recompensas, porque os músculos só ficam fortes quando são exercitados. Uma vida de Mordomia cristã, servindo o próximo e ajudando os necessitados criará para os que a praticam um crédito gigantesco no banco dos céus.
Recentemente eu li sobre um escritor que fez a biografia do Duque de Wellington baseado somente em seu livro caixa. Você já pensou, se alguém fosse escrever sobre você baseado somente em seu talão de cheques e estrato do cartão de crédito,o que ele iria falar de você no tocante a sua contribuição para o reino de Deus?
OS PRIMEIROS PASSOS
Hebreus 11:4
Quase todos conhecem a história de Cain e Abel, filhos de Adão e Eva. Caim um agricultor, Abel um pastor de ovelhas. Genesis 4 explica que eles trouxeram ofertas ao Senhor: Caim trouxe uma oferta de suas colheitas e Abel trouxe das primícias de suas ovelhas, a melhor de entre os primogênitos das ovelhas.
E Hebreus 11:4  lemos que “ pela fé Abel ofereceu um sacrifício melhor do que o de Caim”, isso mostra que o que interessa é O QUE NÓS ACREDITAMOS E NÃO O QUE NÓS TRAZEMOS AO ALTAR.
Numa tarde ensolarada na China, durante seu trabalho na “China Inland Mission”, Hudson Taylor escreveus para sua esposa “ Nós temos 25 centavos E TODAS A S PROMESSAS DE DEUS”

O exemplo de Abel nos prova que dar a Deus é muito mais ligado a caráter do que a dinheiro. È muito mais o que Deus aprova do que o que iremos ganhar que determina nossa verdadeira riqueza.
Nenhum homem é lembrado pelo que ele recebeu em vida. AS PESSOAS  SÃO HONRADAS APENAS POR AQUILO QUE ELAS DERAM. Assim como Abel, que deu o seu melhor, trouxe as primícias para o Senhor, porque ele sabia que o Senhor não merecia menos que isso. Deus merece sempre o nosso melhor.

Se nós podemos confiar em Deus pela salvação de nossas almas, não podemos muito mais confiar nele pela provisão financeira de uma vida pela fé?
A MANEIRA COMO MANEJAMOS O DINHEIRO  MARCA  OS PRIMEIROS PASSOS DE NOSSA FÉ.

 “A ÚNICA COISA QUE EU TENHO É AQUILO QUE EU JÁ ABRI MÃO.”
Você talvez conheça a história de um  homem que deu uma grande quantia em dinheiro para iniciar uma escola cristã na África no final dos anos 20.  Vinte e cinco anos mais tarde, em 1950, quando a escola celebrou seu 25o  aniversário, resolveu convidar o homem que deu ao dinheiro e descobriram que ele Morava em um subúrbio em Chicago e levava uma vida simples. Ele havia perdido tudo com a quebra da bolsa em 1929 e depois de ver os alunos recebendo os diplomas de graduação, ele em lágrimas, exclamou: ! Realmente, a única coisa que tenho hoje é aquilo que eu ofertei ao Senhor a 25 anos atrás.

1-Uma pessoas generosa aprende a ver Deus como  provedor  Dt8-17,18   1 Cr29.14-17   Mt 6.24    Seu patrão não é seu provedor, seu pai não é seu provedor. Deus é seu provedor                                                                                                                                                             2-Pessoas generosas aprender a vencer as preocupações financeiras  1Rs17.10-16 Gn28.20-22 Mt 6.31-33                                                                            3- Generosidade trás ordem as suas finanças Pv 23.4-5 Dt 14.22-23  Pv3.9 Ml3.10-11                                                                                                           4- Generosidade te ensina a lutar contra o dragão do materialismo      Lc 12.15 1 Tm6.10 1 Tm 6.6                                                                      5-..Pessoas generosas experimentam verdadeira libertação financeira e grande alegria. 2Co 8.7 1Co16.2 Mt 6.19-21