27 de novembro de 2014

A VOLTA DE JESUS

VISÃO MILENISTA DOS FINAIS DOS TEMPOS 
EVENTOS PREDITOS EM RELAÇÃO ÁS NAÇÕES

* Temos dentro da igreja duas 

visões clássicas sobre as coisas que acontecerão nos finais dos tempos. Apresentaremos hoje a visão milenista 

1. As nações Unidas são organizadas em 1946, como um primeiro passo em direção a um governo mundial.

2. Israel torna-se uma nação reconhecida em 1948.

3. A Europa é reconstruída depois da segunda guerra mundial, a fim de preparar o cenário para o futuro renascimento do Império Romano.


4. A Rússia surge no cenário mundial como potência militar e política.


5. Organizações de âmbito mundial, como o "MERCADO COMUM EUROPEU E O BANCO MUNDIAL" preparam o cenário para os futuros acontecimentos políticos e financeiros.

6. A China Continental torna-se uma potência militar.


7. O Oriente Médio e a nação de Israel tornam-se o foco da tensão mundial.

8. O primeiro embargo de petróleo promovido pelos árabes faz o mundo perceber o poder da riqueza no Oriente Médio.

9. A falta de um poderoso líder impede que o Oriente Médio se organize como poder político.

10. O Arrebatamento da "Igreja" remove o principal obstáculo á expansão do poder político e financeiro do mundo mediterrâneo.

11. Um novo líder, mais tarde identificado como o "ANTICRISTO" sobe ao poder no Oriente Médio, depois de dominar "três nações" e assumir o controle de mais "dez" a fim de fazê-las uma"confederação mediterrânea".

12. O novo líder do mundo mediterrâneo impõe um tratado de "paz" para "Israel" com a duração de "sete anos".

13. Exércitos "russos e de várias outras nações" invadem "Israel" e são destruídos por meio dos juízos divinos.

14. O acordo de "paz" no Oriente Médio é quebrado depois de "três anos e meio".

15. O líder do Oriente Médio governa o mundo como o "Anticristo".

16. O líder do Oriente Médio alega ser "Deus" e exige adoração, sob pena de morte.

17. O líder do Oriente Médio profana o templo em "Jerusalém".

18. Começam os terríveis julgamentos da "GRANDE TRIBULAÇÃO" descritos nos "selos" "trombetas" e "taças" da ira de Deus, no "livro de Apocalipse".

19. As muitas catástrofes provocam descontentamento generalizado contra o líder do Oriente Médio e promovem a revolta e o ajuntamento dos exércitos do mundo em "Israel" para uma batalha decisiva, com o "Armagedom" considerado o centro do conflito.

20. Acontece a "segunda vinda de Cristo" que retorna acompanhado dos "exércitos celestiais".

23. Todos os salvos "judeus e gentios" são colocados na "NOVA JERUSALÉM" onde passarão a eternidade.




21. Os exércitos do mundo tentam lutar contra as "milícias celestiais", mas são totalmente destruídos.


22. O "reino mundial de Cristo" é estabelecido, como o clímax dos julgamentos sobre todos os infiéis e da remoção do poder político dos gentios.


23. Todos os salvos "judeus e gentios" são colocados na "NOVA JERUSALÉM" onde passarão a eternidade.