21 de julho de 2015

John Wesley por Leonard Ravenhill

John Wesley por Leonard Ravenhill


 Retrato de um pregador do avivamento
Lembro-me do conto dos quatro etíopes cegos que encontraram um elefante? Os homens tateando começou a explicar o que havia encontrado:
"Oh!", Disse o primeiro. "Estamos à beira de um poço e eu peguei a corda pendurada por cima da borda do mesmo. "Assim falou o homem que segurou a cauda do monstro.
"Bobagem", disse o outro, no outro extremo da besta. "Estamos diante de  uma grande serpente. Ela acaba de jogar  um líquido  viscoso através das minhas pernas, falou o cego ao ser molhado pela tromba.
"Você está totalmente errado", declarou a terceira testemunha. "Estamos em uma caverna baixa. Tenho  apenas que estender a mão para   tocar o teto. "Acontece que ele estava fazendo cócegas no abdômen enrugado do mamute.
"Seus  tolos!", Gritou o último homem enquanto ele segurava os braços em volta da perna do animal. "Estamos em uma floresta. Eu tenho meus braços em torno de uma árvore. "
Parece-me que os críticos ao longo dos séculos parecem estar da mesma maneira confusos em suas avaliações sobre  John Wesley como foram os etíopes cegos com o seu elefante.
Dr. Maximinim Piette, o professor da Católica Romana em Bruxelas, na Bélgica, que encerra sua obra clássica sobre John Wesley, diz  que Wesley tem sido comparado a:
"São Bento, no que se refere o seu sentido litúrgico de piedade; a  São Domingos por seu zelo apostólico; a São Francisco de Assis por seu amor por Cristo e por seu distanciamento do mundo e a Inácio de Loyola por seu gênio como um administrador ".
O líder político distinto e homem de letras Agostinho Birrel não hesita em chamar John Wesley "a maior  força do século XVIII."
Canon J. Overton, o historiador anglicano, pode ser acusado de ser um pouco tendencioso em sua visão de seu companheiro Anglicano, mas ele classifica Wesley como " a pessoa mais importante daquele século."
Dr. TR Glover, o público orador emérito da Universidade de Cambridge, Inglaterra, concede a Wesley lugares com Paulo,o apóstolo,  Agostinho e Lutero, classificando-o assim como um dos grandes nomes da sucessão evangélica.
A meu ver, Wesley poderia ter sido o primeiro-ministro da Inglaterra caso tivesse orientado seu gênio em canais políticos. Ele poderia ter precedido a muitos dos  inventores posteriores a ele, caso tivesse escolhido o ramo da  ciência. Seu saldo bancário no momento da morte poderia ter sido como a de um Rothschild, se eles tivesse  dedicado seus dons as riquezas injustas.
Olhe  por um momento os antecedentes da conversão de John Wesley. Seu diário dá estes fatos esclarecedoras:
"No ano de 1725, estando no 23º ano da minha idade, eu me encontrei com Regras e Exercícios de Santo Viver e do Morrer do Bispo Taylor. Eu fui extremamente afetado por essa leitura. Resolvi dedicar minha vida a Deus. Um ano ou dois depois o livro sobre a Perfeição Cristã do Sr. Law foi colocado em minhas mãos. Isso me convenceu mais do que nunca da impossibilidade de ser metade cristão. E eu estou determinado, através de Sua para ser totalmente dedicado a Deus -. Lhe dar toda a minha alma, meu corpo e minha substância "
Apesar de esta palavra surpreendente ter vindo de sua própria pena, além do fato de que esta boa alma levantava às quatro da manhã para orar, além de dar esmolas e devotadamente cuidar dos pobres - ainda assim, ele não tinha nenhum testemunho do Espírito de que ele nasceu de Deus.

Sobre o meia-noite de 24 de agosto de 1709, enquanto ele ainda não tinha seis anos de idade, John Wesley foi salvo drasticamente a partir de sua casa em chamas. Em 24 de maio de 1738, maduro, educado, auto-disciplinado, e virtuoso acima de  qualquer padrão, Wesley foi salvo novamente. Cerca de um 08:45 naquela noite memorável, o coração de John Wesley foi estranhamente aquecido, e por causa disso, o mundo tem sido mais quente desde então.
Como um tição tirado do fogo, Wesley saiu para arrancar outras vítimas das chamas eternas. Ele selou então a sua égua e com piedade ansiosa procurou os "filhos que erram, perdidos e solitários."
As trevas cobriam a Inglaterra e a escuridão bruta seu povo quando Wesley, juntamente com Whitefield, pegou a tocha da regeneração bíblica e saiu a iluminar a mais espessa escuridão.
Bispos Butler e Berkley eram chamados os melhores clérigos de seu dia; no entanto Butler proibiu Wesley e Whitefield a pregar em sua diocese por estar  repleta de alguns dos povos mais degradada no reino.
Havia ministros com corações em chamas em outras partes da Inglaterra da época, nomeadamente Grimshaw de Haworth. William Law era teólogo contemporâneo de Wesley, ao mesmo tempo que Charles Wesley, Phillip Dodderidge, e Isaac Watts estavam colocando fogo divino em música e definindo a verdade espiritual  em canções.
Espanta-me como  o Senhor usou o preparado e letrado Wesley para alcançar os homens brutos e, em seguida, tirou Whitefield da atmosfera da  taberna onde ele foi criado para evangelizar a elite em suas sedas e cetins.
Wesley como pregador é descrito em um parágrafo, muitas vezes eu li da pena de um autor desconhecido:
"Toma a tua liberdade; oriente ela para o teu  chamado de curar feridas e ferir os pecadores e os curar de novo. Este chamado não pode  se conformar com a vontade do homem, não pode ceder as conveniências de ninguém, não pode poupar ou favorecer a qualquer que seja. Se preciso for até mesmo dispersar os amigos e alegrar os inimigos. Pregar o evangelho: não o evangelho da última moda ou o evangelho das faculdades, mas o evangelho eterno ".
Eu acredito que isto é apenas o que Wesley fez.
Wesley provavelmente não foi um grande  orador e também não tinha todo o fogo de Whitefield, mas ninguém nunca questionou a  sua unção. Wesley tinha poder, e sob sua palavra, muitos pecadores tombaram mortos e levantaram depois vivos para o senhor deus. Mesmo o avassalador Whitefield  ficou  alarmado com o mover de deus sobre a vida de Wesley, pois os mesmos fenômenos que se manifestavam em suas reuniões, também aconteciam com wesley.
John Wesley pregou com a revelação. "Sua visão espiritual era quase cirúrgica. Ele parecia ver em almas dos homens, para colocar o dedo sobre o pecado oculto, o pecado e o medo não confessado. "
Em geral, as pessoas sem igreja gostavam de ouvi-lo. Em nove meses ele entregou pelo menos quinhentos sermões, e somente seis deles estavam em igrejas.
Sr. Wesley pregou sobre a segunda bênção da santidade. Ouvi-lo, por escrito, Joseph Benson: "Com todo o zelo e diligência confirmar os irmãos na fé  que tenham alcançado - a saber, (1) A remissão de todos os seus pecados pela fé no Senhor  Jesus crucificado e (2) Em que esperam uma segunda mudança, em que eles serão salvos de todos os pecados e aperfeiçoado no amor. "
Para Sarah Rutter, ele escreve: "santificação gradual pode aumentar a partir do momento que você está justificado, mas plena libertação do pecado, creio eu, é sempre instantânea - pelo menos, eu nunca soube que uma exceção."
O espaço impede mais sobre este apóstolo flamejante. Permitam-me concluir com as palavras do Dr. W H Fitchett nesta alma possuída por Deus:
"Ele parecia viver muitas vidas em uma, e cada vida era de uma plenitude incrível. Ele pregou mais sermões, viajou mais milhas, publicou mais livros, escreveu mais cartas [sem um secretário], construíu mais igrejas, travou mais controvérsias, e influenciou mais vidas do que qualquer outro homem na história Inglêsa. E através disso tudo, como ele mesmo em um paradoxo Bem humorado coloca, ele não teve tempo para estar com pressa ".
John Wesley era "um homem bom, cheio de fé e do Espírito Santo."

Por Leonard Ravenhill