22 de fevereiro de 2013

ELE ME AJUDA - POEMA DE A J Flint









Annie Johnson Flint

ELE ME AJUDA AGORA:

Ele me ajuda agora - neste momento,
Mesmo que eu não ouça nem veja,
Talvez através de um amigo distante,
Ou talvez um estranho que aqui perto esteja,
Talvez através de uma mensagem falada,
Talvez numa mensagem impressa,
Ou através de algo por alguém falado;
De maneiras que conheço ou não,
Pelo Senhor sou ajudado.

Ele me protege agora - neste momento,
Quando mais preciso me dá Sua mão,
Talvez com um só anjo,
Talvez com toda uma multidão,
Talvez através da corrente que me amedronta,
Ou das paredes ao meu redor;
De maneiras que conheço ou não,
Ele me protege do mal e da dor.

Quando vemos os últimos raios
Do sol que está a se pôr,
Jamais duvidamos que virá novamente
E iluminará o dia com seu esplendor.
Então encaremos o futuro agora
seguros, sabendo que Deus,
Que governa o ocaso e a aurora,
Guarda você e eu. Fonte: www.clubedaluz.com.br/Reflex58.htm



TODAVIA:

Não posso caminhar, todavia posso voar,
Nenhum teto pode das estrelas me privar.
Não há prédios que possam me encarcerar,
Nem com fechaduras e grades me barrar.
Nenhum quarto estreito pode meus pensamentos limitar,
Nem cadeados e correntes a mente segurar;
E por estas paredes que me cercam no lar,
Uma fuga minha alma pode sempre dar. . .
E quando o dia tão prolongado findar,
O Livro mais precioso nas mãos vou segurar,
E no silêncio do anoitecer ouço ecoar
As palavras do meu Pai para me inspirar.
Neste momento, embora presa, livre sou,
E para o além voa meu pensamento,
Acima da noite terrestre sobe o coração.