10 de setembro de 2013

A B SIMPSON - Mensagens Missionárias


Sete razões para fazermos do trabalho missionário o supremo negócio de nossas vidas




1- Obrigação-

“Eu sou devedor”, disse Paulo “Sobre mim pesa a obrigação de pregar o evangelho”. Paulo não expressou um sentimento, mas ele fez uma declaração.Não é uma noção, não é uma impressão, é um débito. É um débito, porque meu Senhor deu-me uma ordem: IDE! É um débito porque o evangelho que prego foi me apresentado como única opção e não um dos caminhos que devo seguir. É um débito porque alguém trouxe isto ao meu povo e eu preciso continuar carregando esta tocha, ela não pode apagar na minha mão! É um débito porque é o dever de cada cristão dar a cada ser humano da presente geração uma chance de salvação. Não fazer isso é um crime contra a história da igreja e uma traição aos nossos irmãos que deram suas vidas no passado para levar o evangelho de Cristo adiante. É um imperdoável pecado da igreja, é um pecado de rebeldia contra uma clara ordenança do Senhor, É um pecado de egoísmo e um crime de assassinato de alma, pois o sangue de todas as pessoas ao nosso redor será requerido de nossas mãos, pois somos como que sentinelas de Deus e devemos dar o aviso ao pecador. 

Esse é o seu pecado? Se for, não fique aí parado, nunca é tarde quando se conhece Jesus.  Vá até Ele em oração e arrependimento e Ele te fará um "pescador de homens". Faça como Isaías e diga para Ele: "Envia-me a mim".


2- Compaixão -

A condição do mundo é totalmente sem esperança, triste e desesperadora. Não há nem um só pequeno raio de luz em qualquer rincão deste planeta, a parte do evangelho de Cristo: Todos jazem nas trevas! Não há nenhuma pessoa na face da terra que pode ajudar, a não ser Jesus. Para cada um que está dentro do aprisco, há mil que estão lá fora e...
Eles não tem nada do que você já tem.
Eles não tem o doce descanso semanal,
A preciosa palavra de Deus,
Um lugar para congregar,
Um grupo de irmãos em Cristo para orar juntos,
A escola dominical,
A amável presença do Espírito Santo,
A paz no coração,
As promessas de eternidade,
A esperança de verem seus filhos nos caminhos do Senhor
E seguros pela fortaleza do evangelho,
A inabalável certeza de encontrar no céu nossos familiares
E também nossos amigos   que morreram na fé
E o descanso de que Deus é justo e não deixará que o inocente receba o castigo
E nem o pecador que não se arrepende,  prevalecer no dia do juízo.
Todas estas coisas são convicções inabaláveis de cada filho de Deus, adotado por sua graça, através de Cristo.   

        Agora te pergunto: Que direito tem você de ter todas essas bênçãos sozinho?

        Depois adicione isto aos horrores da sociedade moderna,  com seus divórcios, traições, vícios, homosexualismo, busca desenfreiada pelo dinheiro e os ritos cruéis de suas religiões   e me responda: Como ousa dizer ao seu Senhor e Mestre que não há nada a fazer para mudar isse quadro e salvar pelo melo menos alguns desta vida miserável?               


 3- Os resultados -

Será que isto vale a pena? Ouçam! O censo na Índia mostra qua a população de cristãos tem crescido cinco vezes mais que a população nativa nos últimos 10 anos e nesse compasso a Índia será uma nação cristã em menos de um século. Estatísticas missionárias mostram que a média de conversões em campos estrangeiros é muito maior do que a média de conversões em nossas igrejas locais. Não faz muito tempo que o rei de Uganda mandava a fogueira meninos cristãos porque eles não queriam se vender ao pecado. Hoje o evangelho em Uganda está tomando o país de assalto e milhares de vidas já se entregaram ao Bendito Salvador. Há bem pouco atrás, a muito hostil província de Hunam na China, permitiu missionários residirem em suas fronteiras, hoje a grande província, com 22 milhões de pessoas esta sendo intensivamente evangelizada. Há pouco tempo atráz a Koréia era um país fechado no budismo e religiões orientais, hoje, a mensagem da cruz já faz parte da cultura e do coração do povo coreano. Não há nenhum pequeno trabalho cristão, que no seu devido tempo não floresça e dê os seus frutos.


4. - A PROMESSA DE DEUS -  O poderoso trabalho de Deus em terras pagãs nos incentivam a trabalharmos juntos com o Senhor. Ouve um dia em que o profeta Isaías ouviu da boca de um Serafim a respeito da glória do Senhor e da  terra em que vivemos: “Toda terra está cheia de sua glória “

Se isso já era verdade a 3 mil anos atrás, imagine agora nos tempos da graça, onde Cristo já foi revelado a nós?

A palavra nos ensina mais sobre anjos falando a homens:  “ Nâo são eles espíritos ministradores, enviados para ministrar sobre aqueles que hão de herdar a salvação”.  Isso quer dizer que esses anjos ministradores já estão nas nações não cristãs ministrando, pois Deus tem os seus escolhidos em todas as nações da terra. Os homens portanto, precisam ir para tirarem proveito dessas ministrações e levarem os homens aos pés do nosso bendito Senhor Jesus.

Se toda terra está cheia de sua glória e os seus anjos já estão ministrando aqueles que hão de herdar a salvação então a luz do Senhor já está invadindo as trevas até mesmo nas terras não alcançadas pelo evangelho, pois não foram alcançadas pelo homem, mas já foram alcançadas por Deus. Eu creio que que todas as forças da divina providência estão se concentrando nas partes mais espiritualmente escuras da terra. Todos os anos vemos notícias de milagres em cada canto do globo terrestre. China é um milagre contínuo da ação sobrenatural do Senhor, todos os dias, chuvas de novas maravilhas caem sobre aquela terra. O mundo árabe também tem sido tocado a despeito de poucos missionários que vão para lá. A república do Congo tem migrado da tirania opressora para um governo mais responsável pelo seu povo. Um grande derramamento do Espírito está vindo sobre a Índia, Manchúria e Coréia.  Deus está mandando a sua chuva temporã e a serôdia ao redor de todo o globo, terras secas estão recebendo a água da vida e nós não podemos perder o bonde da história. È tempo de trabalharmos na seara do Senhor, pois o próprio Senhor já está trabalhando poderosamente e sua voz nunca cessou de clamar:  “Preciso de mais trabalhadores, pois os campos já estão brancos”  



5. A VOLTA DE JESUS

“ E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo para testemunho entre  as nações e então virá o fim”. O trabalho missionário é a garantia de que esta profecia se cumprirá. Este trabalho, inclusive, de um ponte de vista humano,  pode “ acelerar ” o relógio celestial. Quanto mais obra missionária ao redor da terra, mais rápido podemos alcançar todas as nações e então voltarmos para o lar.  





6.  O AMOR DE CRISTO

                                                                         Missões Horizontes


Nós temos ensinado  que a falta desse amor é a razão da infidelidade, mas quando o amor de Deus está presente, o zelo missionário cresce como uma árvore plantada as margens do ribeiro. Jesus perguntou a Pedro:” Pedro, Tu me amas? Então apascenta as minhas ovelhas”. Você estava perdido, mas Ele te amou, Ele deixou o céu, o seu lar de glória e veio para ser crucificado, porque o seu amor é maior que a morte.


7.  A CRUZ DE CRISTO

Só existe uma maneira de ser completamente feliz e realizado: Deixar tudo, tomar a cruz  e seguir Jesus. Tomar a cruz é negar a nossa vida e viver para os outros, e não há coisa melhor a se fazer pelo próximo do que apresentar-lhes o evangelho do Filho de Deus.

Se Jesus estivesse na terra em carne, certamente Ele seria o primeiro a ir para estas terras perdidas e cheias de trevas, onde o evangelho não é conhecido, pois Ele veio para salvar o perdido, ele veio atrás das ovelhas doentes, Ele veio trazer luz aos que estavam na escuridão.


Mas Cristo não está aqui hoje literalmente em carne e sangue. Cristo já passou pelos portais eternos e agora sua voz brada do grande trono para você e para mim. Ele pergunta pelos seus pés, pelas suas mãos e pela sua voz,  se eles querem ir as montanhas da escuridão e pecado das terras que ainda não conhecem o verdadeiro amor do Pai.

Será você aquele que irá ouvir o seu chamado que diz preciso de mais trabalhadores, pois a seara já está madura?

Será você a língua que irá proclamar o seu nome santo e falar do seu amor, tarefa, que até aos anjos foi proibida?

Será você que tomará a cruz que te salvou e a levará para o seu irmão que perece?

Será você aquele que irá receber a recompensa por ser fiel no pouco e sobre o muito ser colocado e ouvir dos lábios do Senhor: “ Eu não pude ir, mas você foi por mim, Eu não pude falar ,mas você falou por mim e tudo o que você fez por esses pequeninos que não me conheciam, você fez para Mim”

A B SIMPSON   Mensagens Missionárias