2 de setembro de 2013

Rodney "Gipsy" Smith - O cigano que se converteu a Cristo


Rodney "Gypsy" Smith 
                 

    


            Rodney "Gipsy" Smith foi sem dúvida um dos maiores evangelistas internacionais de todos os tempos, e um dos mais amados. Ele nasceu em uma barraca de ciganos, e nunca  assistiu a uma aula da escola, no entanto, seu ministério chegou a dezenas de nações. Ele também escreveu vários livros e hinos que ele usou para cantar durante seus sermões. Desde 1899 até sua morte, viajou muitas vezes para pregar nos Estados Unidos, Austrália, África do Sul e Europa, e onde ele estava a multidão vinha para ouvi-lo. King George VI honrou-o com a Ordem do Império Britânico.

Rodney “Gipsy” Smith
      II Chron.
07:14 - "Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e da vontade sararei a sua terra. "


    

  "Meu povo será chamado pelo meu nome."

      A promessa é a de "meu povo". Não se esqueça dessa palavra. A promessa não é para qualquer pessoa - apenas para as pessoas que podem ser legitimamente chamado de "meu povo".

      Então, esta manhã, eu vou pedir a cada um para olhar em seus corações e descobrir se você realmente e verdadeiramente, se renderam e obedecem pela fé a Jesus Cristo para então poder dizer honestamente que você pertence a Deus.

      Eu não estou falando no sentido geral, porque no sentido geral tudo pertence a Ele, mas eu estou falando de quem a Bíblia falou - ". Meu povo" Agora você pertence a Ele?

      Muitos vieram a Jesus e lhe disseram: "Em teu nome nós não expulsamos demônios e em teu nome não fizemos muitas maravilhas." Mas Jesus lhes disse: "Eu nunca te conheci - você não pertence a mim."



      A que povo  você pertence? Aos poucos que são separados para Deus, aqueles que se tornaram servos de Deus - que vieram ao mundo, e aprenderam a maravilhosa alegria da comunhão total com Ele?

      "O meu povo" - estas palavras foram ditas a meu povo. Se o meu povo perguntar, se o meu povo acreditar, se o meu povo cumprir as condições - então é que eles podem esperar uma resposta da parte de Deus.

      Você se lembra de um dia, quando Jesus estava ensinando e curando, e Sua mãe e seus irmãos vieram vê-lo? A multidão era tão grande que eles não poderiam entrar na casa onde ele estava. Eles estavam impacientes com Ele - eles não tinham aprendido a segui-Lo. Mensageiros lhe trouxeram resposta que sua mãe e seus irmãos estavam esperando por ele do lado de fora. Jesus respondeu-lhes: "Quem é minha mãe e quem são as minhas irmãs? Quem são meus irmãos? Tudo o que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus. O mesmo é minha mãe, minha irmã e meu irmão."



      "O meu povo" - se você estiver fazendo a vontade de Deus de forma inteligente, se você obedecer aos mandamentos de Deus, então você pode fazer coisas de Deus, e você vai buscá-lo.

      O Senhor não vai ouvir qualquer um que não tenha feito a sua vontade - eles não sabem como pedir, pedem errado. O homem que está fora de sintonia com Deus não pode fazer as coisas certas da maneira certa. Se você deseja obter as coisas certas, antes de tudo, comece com você mesmo. Comece com a pessoa que usa suas roupas. Comece com a pessoa que está sentada onde você está sentado.

      "Se o meu povo procurar, se o meu povo bater devem encontrar. Eles devem ver-lhes que a porta se abriu."

      A promessa é feita para o um povo específico - para os obedientes, e Deus sabe melhor do que responder a algumas orações que algumas pessoas oferecem. Sei de casos em que eles parecem estar orando por avivamentos. Eles pedem coisas, e se o Senhor respondeu suas orações eles não saberiam o que fazer com as coisas quando obtê-los. Seria suicídio moral e espiritual para o Senhor para responder a algumas orações.

      

Eu digo a você que eu descobri. É mais fácil pregar a mil do que conversar com uma pessoa sobre Jesus. Mas de que adianta um sermão, se não podemos direcioná-lo para a salvação de um indivíduo?





      Algumas das coisas mais poderosas do Novo Testamento foram ditas por Jesus Cristo a uma pessoa. Você e eu devemos apelar para o individual.

      A promessa é feita com "o meu povo." Você realmente pertencem a Deus? Onde você está agora? Eu sei que houve um tempo em que você entregou sua vida a Ele, mas onde é que você está agora?

      Há muitas pessoas que dizem ser de  Deus que não pertencem a ele. A promessa é feita com "o meu povo." É meu povo, e Deus sabe quem são Seus. "O Senhor conhece os que são seus".

      Se você vai me ouvir, e não há qualquer dúvida em sua alma como a sua condição espiritual, vou pedir-lhe para agir prontamente - para atuar hoje. Vá direto - acertar para que você possa ajudar os outros, de modo que todo mundo vai saber que quando você diz: "Eu sou o Senhor e Ele é meu", eles vão se sentir que é verdade, e eles sabem disso.

      Se você está bem com Deus, você não pode deixar de conhecê-lo. Se você não sentir isso, algo está errado - algo está errado com você. Quando você chegar perto de uma rosa, você sabe, quando você chegar perto de um pássaro, você sabe, quando o mundo está inundado com a glória e esplendor de Deus, você sabe.




      Você não pode entrar em contato com uma vida transformada, uma vida semelhante à de Cristo, sem o saber. Você não pode esconder essas coisas mais do que você pode parar a maré do mar com um guarda-chuva.

      Quando Deus te salva, a felicidade fica estampada em teu rosto  e as pessoas sabem disso. Se você realmente e verdadeiramente saber que você pertence a Deus, alguém vai ter as bênçãos.

      Quando eu era menino, ouvi um homem falar sobre vasos de honra. Eu não sabia o que era um vaso. Eu nunca tinha visto um, mas eu tinha a ideia  de que um vaso guardava alguma coisa dentro de si. E eu sabia que eu não era um grande vaso. Eu não sabia ler - eu não poderia escrever, eu era apenas um menino pobre Cigano - Eu não tinha ido à escola. "O que eu sou?" Perguntei-me, e eu pensei, eu não era um grande vaso, um vaso de honra e não conseguia guardar muitas coisas, mas mesmo com o meu  pequeno vaso,  eu poderia levar alguma oferta para Deus, e mesmo que esse vaso se quebrasse e  estourasse, então iria   transbordar com a glória de Deus.

 "É o meu povo." Não é o desobediente. Não são as multidões que estão sempre em busca de prazer. Não são as pessoas que não estão trabalhando com Deus. São as pessoas que vivem com Deus - as pessoas que estão em pé de Jesus.

      "O meu povo" - "Se alguém me ama, meu Pai o amará, e eu o amarei, e nós viremos e faremos nele morada." É "meu povo" - as pessoas que têm o amor de Deus neles vai mostrá-lo.

      Eu vou lhe dizer uma coisa - as pessoas nas igrejas hoje que amam a Deus de todo o coração, e quero que Deus, e estão ansiosos que  esta cidade seja  salva por Deus, essa pessoas sim são seguidores de Deus.

      Há momentos em que meu coração cigano clama por liberdade - ainda há algo da selvageria da minha juventude dentro de mim - e eu estou feliz por isso. Se eu tivesse que nascer de novo, eu gostaria de ter nascido cigano.

      Eu já estive na floresta na Primavera - no mês de abril. Eu vi as prímulas, o espinheiro, a samambaia, a grama verde exuberante - de pé nele até os joelhos. Lá eu cheirava o perfume das flores - perfume que faria você pensar que tinha sido flutuava pelas asas dos anjos, das colinas do Paraíso.

      Uma vez quando eu estava assim, eu vi uma velha árvore. Nenhum ramo havia permanecido nele. Os galhos tinham apodrecido. E ele estava todo coberto pelo mato. Lá estava ele no meio da jubilosa floresta no auge da primavera - estéril e feio. E eu pensei ter ouvido aquele velho tronco dizer: "Eu não acredito na Primavera." E eu respondi: "Não, coitado, você está muito morto a acreditar em qualquer coisa."

      Existem pessoas em nossas igrejas que são como este velho tronco. Suas vidas são estéreis - suas almas são retirados do amor fraterno e da bondade. Mas eles não são "o meu povo."

      "Meu povo" sempre se destaca por Jesus. "Meu povo" sempre vai orar e trabalhar. "Meu povo" sairá como um exército com bandeiras semeando justiça. As multidões mortas vai ficar visível sem folhas. A que povo você pertence?

      "O meu povo." Se o "meu povo" buscar-me, devem encontrar-me e se orar de acordo com as condições estabelecidas na Palavra de Deus, e honestamente atender a essas condições, então as janelas dos céus se abriram e eu vou derramar essas bênçãos que não deve haver espaço para contê-los.