7 de dezembro de 2014

Existem apóstolos hoje?

Os novos apóstolos

Por causa da tradição católica, que dizia terem cessados os dons apostólicos após a morte de Pedro, muitos líderes da igreja que ressurgiu com a reforma, ainda confundiam missionários com evangelistas, cujas funções e chamamento eram muito parecidas com a dos primeiros apóstolos, mas alguns desses lideres da igreja não hesitaram em chamar missionários de apóstolos. Em abril de 1858, Charles Spurgeon, pregando um sermão sobre a vida do missionário do pacífico sul, John Williams,  na sociedade missionária batista, disse o seguinte:” Nós temos em Williams, um verdadeiro apóstolo, que foi de ilha em ilha, sem se importar com a sua própria vida. Certamente um grande galardão o aguarda nos céus “ 


e continuando seu sermão ele ainda falou: “ Em nossa época não temos tantos avanços em missões porque não temos mais apóstolos como  Williams, em segundo lugar, não nos é mais ensinado a sermos como os apóstolos e termos um estilo apostólico; em terceiro lugar, nós não temos mais igrejas apostólicas para nos dar uma retaguarda de oração e em quarto lugar nós não temos mais influência apostólica  dada pelo Espírito Santo na mesma medida dos tempos antigos”


A T Pierson também acreditava que Deus continua a trabalhar com os missionários da mesma maneira que ele trabalhava com o primeiros apóstolos. De fato, ele acreditava que os atos dos apóstolos ainda não terminaram e que a santa história continua cada vez que um missionário aceita o   chamado do Senhor. Ele escreveu “ Cada missionário que cumpre cabalmente sua missão adiciona uma nota no histórico dos apóstolos  e continua a sucessão apostólica.’
Pierson se tornou o maior incentivador  de missões de  sua geração, e antes de fazermos dele pequeno juízo, lembremos todos que ele foi o único pregador a quem Charles Spurgeon confiou  o seu púlpito por dois anos e ele também  serviu como editor da Bíblia Scofield.
Estas opiniões de cristãos conservadores de peso, inequivocamente nos habilitam de chamar missionários de apóstolos.


Dan Greene nomeia quatro razões para termos apóstolos em nossos dias
1-   A grande comissão demanda que novos discípulos conheçam e obedeçam a grande comissão todos os dias, até que o evangelho chegue aos 4 cantos do mundo
2-   No NT,OUTROS, além dos doze são chamados de apóstolos e incluídos na lista daqueles que foram enviados pelo Espírito Santo a pregar o evangelho
3-   No ensino espiritual de Paulo sobre dons espirituais ele não faz distinção entre a primeira geração de crentes e os crentes que viriam depois deles.
4-   O padrão dos grandes missionários como  Adoniram Judson, Hudson Taylor, John Patton, Sadu Sungar, Jonathan Goford e outros incontáveis heróis da fé são praticamente os mesmos dos da era apostólica.

Nossa conclusão a esses fatos difíceis de serem questionados é que existem apóstolos hoje.
Os dons apostólicos não cessaram.
 Há um padrão na performance apostólica moderna
E esse padrão segue o padrão dos doze, com alguns up to date:
1-   Um apóstolo é alguém ENVIADO A UMA MISSÃO (apóstolos – enviado )Todos os grandes missionários citados e milhares de ilustres      desconhecidos que foram ENVIADOS A UMA MISSÃO são apóstolos.
2-   GERALMENTE ESSE ENVIO É PARA UM POVO NÃO ALCANÇADO ou para uma tribo urbana ou da floresta. No caso de tribos urbanas, como as gangues de Nova York, podemos considerar David Wilkerson como um verdadeiro apóstolo
3-   O APÓSTOLO TEM AS CREDENCIAIS DO APOSTOLADO, isto é Deus realiza por meio dele grandes sinais e maravilhas.
4- É ALGUÉM DIGNO DE SER IMITADO, UM VERDADEIRO HERÓI DA FÉ


·      DA MESMA FORMA QUE PASTOR É UNÇÃO, É FUNÇÃO, É DOM QUE VEM DO ALTO E NÃO SOMENTE UM TÍTULO DADO PELOS HOMENS, O CAMINHO DO APOSTOLADO VEM DE DEUS E NÃO DOS HOMENS E ASSIM COMO EXISTEM MUITOS FALSOS PASTORES, EXISTEM TAMBÉM MUITOS FALSOS APÓSTOLOS. ACAUTELAI-VOS DELES, POIS O TEMPO MOSTRARÁ SE SEUS FRUTOS VEM DO ESPÍRITO OU DA CARNE

Gelson Lara ( elescreram.blogspot.com )