4 de maio de 2014

Kenneth Taylor Escritor de livros infantis

Kenneth Taylor   Escritor de livros infantis


Que a bíblia se tornasse mais acessível para todas a pessoas foi a paixão da vida de Kenneth Taylor. Preocupado porque seus 10 filhos tinham problemas em entender a versão King James da bíblia, Taylor começou parafraseando as escrituras, então eles puderam entender melhor as leituras da noite. 

In 1954, enquando ia de trem para o seu trabalho em Chicago, Taylor iniciou parafrasear o Novo testamento para o inglês moderno. Depois de sete anos escrevendo e reescrevendo, ele submeteu o manuscrito para vários editores, mas foi rejeitado por todos eles. Convencidos que o trabalho era precioso, pois tinha ajudado bastante suas crianças, Taylor e sua esposa Margaret decidiram usar suas economias para publicar a bíblia viva.


In 1962, Billy Graham viu uma cópia da bíblia viva e perguntou a ele se poderia imprimir uma edição especial para usar em suas cruzadas. 500.000 cópias foram distribuídas nas cruzadas de Billy Graham  até hoje já foram vendidas 45 milhões de cópias. O sonho de Ken Taylor se tornou realidade e ele iniciou sua própria publicadora, a Tyndale House Publishers, que de uma pequena empresa caseira cresceu para ser uma das maiores publicadoras evangélicas do mundo.


Taylor nasceu em  1917, in Portland, Oregon. Por causa de seu pai ser pastor e sua mãe uma mulher de Deus, Taylor sempre teve uma fé muito sólida
em Cristo e um grande respeito pela bíblia ainda jovem. Ele estudou no Wheaton College (Wheaton, Illinois) in 1938, no  Dallas Theological Seminary por 3 anos e no Northern Baptist Seminary em 1944. 

Taylor, que trabalhou como editor  65 anos, foi diretor da Moody Press in Chicago. Ele foi autor de incontáveis livros para crianças, incluindo a bíblia infantil com desenhos coloridos e a minha primeira bíblia ilustrada. 




Com o enorme sucesso da Bíblia Viva, o casal Taylor não perdeu a generosidade e sem alarde doaram os direitos e lucros da venda da bíblia para fundos de caridade e ajuda missionária, ao invés de colherem benefícios financeiros por seus anos de trabalho.