20 de agosto de 2011

APOLO kIVEBULAYA -1/2 milhão de africanos para Jesus


Selo comemorativo ao bispo anglicano Apolo Kivebulaya

" Ninguém será capaz de conhecer o amor de Deus e transmitir esse amor para outra pessoa até ele próprio se reconciliar com Deus e com os seus conhecidos... Então, corra para o seu lugar secreto de oração e ore,ore,ore.
Apolo Kivebulaya, o apóstolos aos Pigmeus Africanos

Nosso herói ouviu falar de um evangelista africano que foi ao Congo para pregar a Jesus em um lugar cahmado Mboga. Este evangelista foi recebido como um inimigo e teve que deixar o lugar pois o povo recusou-se a vender comida para ele, ainda que tivesse dinheiro para pagar, pois o povo do Congo não apreciava os ensinos de Cristo a respeito de bebedeira, poligamia e bruxaria. Foi exatamente para lá que Kivebulaya foi, confiante que o seu Senhor Jesus precisava brilhar a sua luz naquele lugar de trevas. Levando apenas uma enxada e algumas sementes, Apolo plantou sua própria comida e por mais que tentassem não conseguiram expulsá-lo por causa de falta de comida, tentaram então acusá-lo falsamente inventando que ele tinha atacado alguém com uma lança. Nosso valente missionário tinha somente uma espada e essa era a palavra de Deus. O povo porém espancou-o severamente e o deixaram a beira da morte, O Senhor porém não o desamparou e uma crente fiel o encontrou e cuidou dele trazendo-o de volta a vida.

Depois disso, após ter se recuperado, ele contou uma visão que tinha tido enquanto estava a beira da morte: “Eu vi Jesus brilhando como um sol e Ele falou para mim: Tenha coragem! Pois Eu sou contigo”. Depois disso, eu comecei a pregar, disse ele e o povo do Congo começou a se converter e abandonar seus maus caminhos e todo medo que eu tinha desapareceu depois que Jesus falou comigo.
Este crente fiel era membro da igreja da Inglaterra, e sem ele e sua ardorosoa fé em Cristo, a Inglaterra não teria na terra do Congo uma igreja como tem nos dias de hoje, pois as igrejas plantadas por ele cresceram e hoje somam mais de meio milhão na Republica do Congo.

justus.anglican.org/resources/bio/171.html
Gordon, Ernest. Book of Protestant Saints. Chicago: Moody, 1946.